Google+ Followers

quinta-feira, 29 de dezembro de 2016

Um ser de família

O que uma pessoa madura pode querer quanto às demais pessoas? O bem. O bem se transfere e transfere-se sem ferir, sem mentir, sem se acovardar. E a pessoa de paz deseja que Deus abençoe, perdoe, dê sabedoria e paz, porque a paz de Deus supera os demais pensamentos e aí a pessoa não se sente incomodada nem incomoda alguém. De tudo o que mais desejo é que tenha paz. Para viver bem e criar nosso filho bem mais. Que você use a sabedoria de cima para mostrar que aprendeu a viver por conviver com alguém que tem o prazer de fazer o outro feliz, mesmo que o outro tenha outros planos. O que importa sempre e mais do que tudo é que a pessoa seja FELIZ e que você saiba que fez parte daquilo e que um dia, breve, ao amadurecer também vai lembrar, não vai esquecer que aquele alguém cuidou de você, mesmo quando você não percebia, não via ou não queria. Porque ser homem não é só ter uma mulher ao seu lado. É suportar 'todas as coisas', se empenhar em honrar o nome e manter a dignidade e a paz na família. São alguns anos de luta, de labuta, mas o mais difícil sempre foi tolerar ideias de pessoas que nem me conhecem dizer o que você devia fazer. A beleza é vazia se não tiver o 'jardineiro' da paz para regar, cuidar e manter todos os dias. Quem está lá fora não sabe de nada. Ou quer saber por fazer maus comentários e incita o outro a fazer a família sofrer desgaste, baque, como Satanás tão bem faz. E ele só faz bem do jeito dele quando acha quem lhe dê ouvidos. Eu sou homem de boa personalidade, de caráter resolvido e lapidado em uma família de pessoas honestas, então não aceito intromissão de quem sequer tem família para prezar. O meu amor é a minha FAMÍLIA. Nisso ninguém nos vence.
Que o bondoso, soberano, maravilhoso, supremo, eterno e justo Deus Jeová abençoe a cada um de nós individualmente, como família e coletivamente em nome de nosso Senhor Jesus Cristo!

Pensamento: “Assim diz Jeová, seu Resgatador, o Santo de Israel: “Eu, Jeová, sou o seu Deus, Aquele que ensina o que é melhor para você, Aquele que o guia no caminho em que deve andar.
Como seria bom se você prestasse atenção aos meus mandamentos! Então a sua paz se tornaria como um rio, e a sua justiça como as ondas do mar.” (Isaías 48:17, 18)

sábado, 24 de dezembro de 2016

FIM

Todo começo é o fim de algo.
Todo começo é o final de uma coisa principal.
Fim é (re) começar do seu jeito; uma nova chance para si mesmo.
Para estar satisfeito com alguma coisa, para estar plenamente satisfeito, tem que ter aquilo finalizado. E o fim daquilo é o começo de uma nova etapa. Assim é a vida e o nosso modo de viver.
Finalizado os estudos partimos rumo ao emprego. Finalizada a adolescência, seguimos com maturidade com a proposta de sermos adultos responsáveis. Finalizada a abordagem teocrática, segue-se a vida espiritual, revestida da nova personalidade.  (Efé. 4:22-24) Finalizando qualquer coisa, rompemos com um passado talvez indesejável e nos achegamos a algo provavelmente melhor. Assim pode ser com um romance, onde ‘terminar’ não significa necessariamente que ‘acabou tudo’. Acabou aquele envolvimento, desgastou-se. Mas, o coração descansa na paz e encontra refúgio e morada para um novo relacionamento, pois o AMOR dura o tanto inimaginável, porque amar é coisa que não acaba nunca; quem amou ainda é capaz de fazê-lo.
Hoje escrevi para uma querida pessoa da minha amizade: “Existe, na vida, o desejo de fugir de certas responsabilidades e de livrar-se de frustrações, então um culpa o outro para que não tenha que suportar o peso sozinho. Quem quer que nos sintamos fracos, desanimados, com sentimento de culpa e aparentemente sem perdão? O amor não faz o outro ser humilhado; ele se une em querer resolver o problema e juntos tentam, fortalecendo a relação. Pode ser quanto ao romance, a amizade ou a simples manutenção de um carinho. Mas, juntos é que as coisas se resolvem. Ninguém pode ser feliz sozinho. Enfrente os desafios, lute, seja corajosa e perseverante. Nada vence o amor, mas, se não for amor, ainda é belo porque você se deu. E o que você perdeu? Quem ama, amará outra vez. Difícil é pra quem não sabe amar. Quem não ama, sequer sabe viver. Tropeça nas ideias mesquinhas e covardes que possui. NÃO DESISTA, LUTE, LUTE E LUTE. Felicidades. 
Fim é o começo de um novo proceder.
FIM.
(Para você e para mim).-Joca Vitorino


Pensamento: “A Palavra de Deus é viva e exerce poder...” (Hebreus 4:12) 

segunda-feira, 12 de dezembro de 2016

Amor e mais um pouco

Fiquei feliz
Queria sexo e fiz.

Toquei no seu nariz,
Beijei a sua boca,
Afaguei os seus cabelos,
Abracei a sua roupa.

Olhei você nos olhos,
Sorri o seu sorriso,
Falei no seu ouvido,
Permaneci calado.

Senti o seu toque,
Vibrei com seu carinho,
Nunca me deixou sozinho,
Nem me deixa falar só.

A nossa companhia
Seguida de alegria
Cativou os espectadores

E eles, sem noção
Do que há em um coração

Pensaram que sexo era só o corpo (no outro).-Joca Vitorino

Pensamento: “No entanto, no que se refere ao amor fraternal, vocês não precisam que lhes escrevamos, pois vocês mesmos são ensinados por Deus a amar uns aos outros.” -1 Tes. 4:9

sexta-feira, 2 de dezembro de 2016

Está fazendo assim?

“Ainda há [sementes] que são semeadas entre os espinhos. Essas representam os que ouvem a palavra, mas as ansiedades deste mundo, o poder enganoso das riquezas e os desejos de todas as outras coisas interferem e sufocam a palavra, e ela se torna infrutífera.” (Marcos 4:18, 19)
Nossos pensamentos não são os pensamentos de Jeová Deus, que são mais elevados do que os nossos. Nem os nossos caminhos. (Isaías 55:9) Temos que nos permitir o aprender. (João 17:3)
Temos manias, falhas, imperfeições e pecados, entretanto nada disso é desculpa para erros cometidos irrefletidamente, e se for, que o arrependimento o faça receber o perdão.
“Amazias tinha 25 anos de idade quando se tornou rei, e reinou por 29 anos em Jerusalém. O nome da sua mãe era Jeoadã, de Jerusalém.  Ele fazia o que era certo aos olhos de Jeová, mas não de pleno coração.  ... A partir do momento em que Amazias deixou de seguir a Jeová, conspiraram contra ele em Jerusalém e ele fugiu para Laquis, mas mandaram homens atrás dele até Laquis e o mataram ali.” (2 Crônicas 25:1,2, 27)

O que aprendemos disso? Servir a Deus não é simplesmente ir à Casa de Adoração, pregar a palavra ou amar ao próximo; é uma questão de profundidade maior: servir de coração. Está fazendo isso? -Joca Vitorino

Pensamento: “Persistam, então, em buscar primeiro o Reino e a justiça de Deus, e todas essas outras coisas lhes serão acrescentadas.” (Mateus 6:33)