Google+ Followers

segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012

O dia de Deus, o Todo-Poderoso

'O dia de Jeová virá como ladrão, sendo que nele passarão os céus... e a terra e as obras nela serão descobertas.' - 2 Pedro 3:10
O que são "os céus" e "a terra" mencionados aqui? Quando é usado em sentido simbólico na Bíblia, o termo "céus" muitas vezes se refere a poderes governantes, que estão acima de seus súditos. (Isa. 14: 13, 14; Rev. 21:1, 2) 'Os céus que passarão' simbolizam o governo humano que controla a sociedade ímpia. A "terra" simboliza o mundo da humanidade apartada de Deus. A vindoura destruição ocorrerá em etapas durante a "grande tribulação". Na primeira fase dessa tribulação, Deus induzirá os governantes políticos do mundo a destruir "Babilônia, a Grande", mostrando assim seu desprezo por essa meretriz religiosa. (Rev.17:5, 16; 18: 8) Em seguida, na guerra do Armagedom, a fase final da grande tribulação, o próprio Jeová exterminará o restante do mundo de Satanás. _ Rev. 16: 14, 16; 19: 19- 21.

domingo, 26 de fevereiro de 2012

Deixai vir a mim as criancinhas!

Trazemos todo pensamento ao cativeiro, para fazê-lo obediente ao Cristo. -2Cor. 10: 5
As crianças podem ser atraídas à pornografia por sua curiosidade natural. Se isso acontecer, poderá ter efeitos duradouros sobre seu conceito de sexualidade. Esses efeitos, diz uma reportagem, podem ir de uma percepção distorcida dos padrões sexuais à "dificuldade de manter uma relação baseada em amor; um conceito não realista sobre mulheres; e, potencialmente, vício em pornografia, que pode prejudicar o desempenho escolar, as amizades e as relações familiares". Ainda mais devastadores podem ser os efeitos posteriores numa relação conjugal. "De todos os vícios que eu tinha antes de me tornar Testemunha de Jeová, a pornografia foi em muito o mais difícil de largar", escreveu um cristão. "Ainda vejo essas imagens nos momentos mais inesperados - despertadas por um cheiro qualquer, uma música, algo que vejo, ou até mesmo por um pensamento aleatório. É uma batalha diária e constante."

                                                                                                                   -Associação Torre de Vigia de Bíblias e Tratados

Alegria no coração

Benção de Deus é assim: a família reunida para ouvir a Palavra de Deus.
'Alegrai-vos sempre no Senhor'. - Fil. 4:4
Adoração em família não deve ser monótono ou formal demais. Afinal, adoramos o "Deus feliz", e Ele deseja que O adoremos com alegria.

sábado, 4 de fevereiro de 2012

Deus enviou o seu filho. -Gál. 4:4

Salão do Reino das Testemunhas de Jeová - Acesso Norte- Salvador-Ba

Jeová enviou seu anjo Gabriel ao profeta Daniel para transmitir-lhe uma profecia a respeito da vinda do "Messias, o Líder". Bem no tempo certo, Jesus foi batizado. Foi derramado espírito santo sobre Jesus, que se tornou o Ungido - Cristo, o Messias.
Desde o início de seu ministério na Terra, Jesus mostrou que era realmente o "Messias, o Líder". Logo nos primeiros dias ele começou a reunir discípulos e realizou seu primeiro milagre. Ele treinou e liderou os discípulos na obra de pregação e ensino, dando excelente exemplo. Os anciãos cristãos farão bem em imitá-lo nesse respeito.

-Associação Torre de Vigia de Bíblias e Tratados

sexta-feira, 3 de fevereiro de 2012

Do meu bebê de 2012



Roupinhas do meu mais novo bebê; a geração Joca continua e se perpetuará.

Como ser feliz, realmente?

Como encontrar a verdadeira felicidade?


Há uns 2 mil anos, Jesus Cristo ensinou um modo de vida diferente, que traz alívio e reduz o estresse. A essência de seu ensino é uma verdade simples, mas profunda. Ele disse: “Felizes os cônscios de sua necessidade espiritual.” (Mateus 5:3) De fato, Jesus incentivou seus ouvintes a dar prioridade à maior necessidade humana — saber a verdade espiritual sobre o nosso Criador e seu propósito para conosco.

A felicidade [...] é o resultado, não de apenas um fator, mas da combinação de vários fatores em nossa vida. Entre esses estão o trabalho, o lazer, o tempo gasto com a família e com os amigos, e atividades espirituais. Mas há ainda outros fatores que nem sempre são levados em conta, como atitudes, desejos e objetivos na vida.

Deus se preocupa com a felicidade e o bem-estar espiritual de todas as pessoas. (Atos 10:34, 35; 17:26, 27) ‘Eu sou aquele que te ensina a tirar proveito’, diz Deus. Ele nos promete dar paz e tranqüilidade, “como um rio”, se seguirmos seus mandamentos. — Isaías 48:17, 18.

Jesus disse: “Mesmo quando alguém tem abundância, sua vida não vem das coisas que possui.” (Lucas 12:15) De fato, seu verdadeiro valor como pessoa, principalmente aos olhos de Deus, não tem nada a ver com o saldo de sua conta bancária. Na realidade, a busca de riquezas muitas vezes aumenta as ansiedades, que tiram a nossa alegria e roubam tempo de objetivos mais importantes. — Marcos 10:25; 1 Timóteo 6:10.

O escritor bíblico Salomão disse isso da seguinte maneira: “Quem ama o dinheiro nunca ficará satisfeito; quem tem a ambição de ficar rico nunca terá tudo o que quer.” (Eclesiastes 5:10, Bíblia na Linguagem de Hoje) Pode-se comparar essa situação com a coceira provocada pela picada de um mosquito — quanto mais você coça, mais a coceira aumenta, até ferir a pele.

“Há mais felicidade em dar do que há em receber”, disse Jesus. (Atos 20:35) Além de dar em sentido material, podemos dar de nosso tempo e energia, o que talvez tenha ainda mais valor, principalmente na família. Maridos e esposas precisam passar tempo juntos para manter seu casamento forte e feliz, e os pais precisam reservar bastante tempo para conversar com os filhos, dar-lhes carinho e ensiná-los. Quando os membros da família dão nesse sentido, eles são bem-sucedidos e seu lar torna-se um lugar onde há felicidade.

O amor verdadeiro é mesmo altruísta! Visto que “não procura os seus próprios interesses”, quem ama coloca a felicidade dos outros à frente da sua. Infelizmente, esse tipo de amor está ficando cada vez mais raro. De fato, na sua notável profecia sobre o fim deste sistema, Jesus disse que ‘o amor da maioria se esfriaria’. — Mateus 24:3, 12; 2 Timóteo 3:1-5.

Em breve Deus eliminará da Terra todas as pessoas que estão cheias de ódio ou que se deixam levar pela ganância. Ele preservará vivos apenas os que se esforçam para demonstrar o tipo de amor descrito acima. Em resultado disso, haverá paz e felicidade em toda a Terra. Com certeza se cumprirá a promessa bíblica: “Apenas mais um pouco, e o iníquo não mais existirá; e estarás certamente atento ao seu lugar, e ele não existirá. Mas os próprios mansos possuirão a terra e deveras se deleitarão na abundância de paz.” — Salmo 37:10, 11.

Imagine todos os dias de sua vida repletos de ‘deleite’, ou satisfação plena! Não é de admirar que a Bíblia diga: “Alegrai-vos na esperança”! (Romanos 12:12)

Publicado em Despertai! de abril de 2006

Copyright © 2011 Watch Tower Bible and Tract Society of Pennsylvania. All rights reserved