Google+ Followers

terça-feira, 21 de junho de 2016

Há importância no NOME de Deus?


Que importância existe em pronunciar, usar, defender ou citar o nome de Deus?
Pode-se prezar e entender bastando o uso do 'título' Deus, do 'pronome' Senhor ou da 'expressão' Pai, todavia, por que muitos usam o NOME Jeová? Por que tanta discussão por causa de um nome?
...E todo aquele que invocar o nome do Senhor será salvo. (Atos 2:21) E aí, qual é o nome do Senhor?
A Bíblia é para ensinar, repreender, disciplinar em justiça, dentre outras boas coisas, mas não é para ser usada a fim de magoar, ofender, criticar, nem desrespeitar pessoas nem organizações. (2 Timóteo 3:16, 17)
Os que estão preocupados com a queda do número de fiéis de sua igreja e não com a QUALIDADE E VERACIDADE DO ENSINO, criticam e ofendem arduamente os que seguem o verdadeiro Deus.
“Deixarei um povo humilde e modesto restar no seu meio, E eles se refugiarão no nome de Jeová.” (Sofonias 3:12) -Joca Vitorino
[Uma das razões pelas quais a cristandade merece a futura destruição é sua contribuição para o analfabetismo espiritual, comum entre os frequentadores de igreja, além de seu evidente ódio ao nome de Deus. Na Idade Média, o nome de Deus era razoavelmente bem conhecido na Europa. Esse nome, representado por quatro letras hebraicas chamadas de Tetragrama e em geral transliterado YHWH (ou JHVH), aparecia em moedas, em fachadas de casas, em muitos livros e Bíblias e até mesmo em algumas igrejas católicas e protestantes. No entanto, a tendência em tempos recentes tem sido excluir o nome de Deus das traduções da Bíblia e de outros usos. Uma indicação disso é a Carta às Conferências Episcopais sobre ‘O Nome de Deus’, de 29 de junho de 2008, da Congregação para o Culto Divino e a Disciplina dos Sacramentos. Nessa Carta, a Igreja Católica Romana instruiu que o Tetragrama em suas variadas traduções devia ser substituído por “Senhor”. A diretriz do Vaticano é que o nome de Deus não deve ser usado nem pronunciado em hinos e orações nos cultos católicos. E os líderes de outras religiões, da cristandade e de fora dela, também têm ocultado a identidade do Deus verdadeiro a milhões e milhões de adoradores.] http://wol.jw.org/pt/wol/d/r5/lp-t/2011041
Jeová [forma causativa, no imperfeito, do verbo hebr. ha·wáh (vir a ser; tornar-se); significando: “Ele Causa que Venha a Ser”].
“Pois o Grandioso que a fez  é como um marido para você, Jeová dos exércitos é o seu nome.
O Santo de Israel é o seu Resgatador. Ele será chamado de Deus de toda a terra.” (Isa. 54:5)
Qual é a questão afinal? Deu para perceber o que há por trás de não divulgar o nome de Deus?

Pensamento: "Eu sou Jeová. Esse é o meu nome; não dou a minha glória a nenhum outro, nem o meu louvor a imagens esculpidas." (Isaías 42:8)


Nenhum comentário:

Postar um comentário