Google+ Followers

sexta-feira, 20 de maio de 2016

Aquilo que nos conduz para o que é bom

Não se ama extremamente. O extremo é sempre a lâmina que rompe a vida. Quero é viver.
Essas são palavras que demonstram madureza. Para exprimi-las é necessário discernimento sobre a vida. Viver é bom. Compreender isso traz para dentro do ser a alegria e positividade.
Observe bem o que diz a Palavra de Deus: “Porque estar sob a sua ira é [apenas] por um instante, estar sob a sua boa vontade é para toda uma vida. À noitinha talvez tome pousada o choro, mas de manhã há um clamor jubilante.” (Salmo 30:5) Entendeu? Viver é ter e subsistir na esperança de que o verdadeiro e soberano Senhor Jeová é o único e justo Deus que há, o único que dá vida e poder além do normal.
Para viver no plano sagrado, nada melhor do que a obediência ao Criador.  “Isto significa vida eterna, que absorvam conhecimento de ti, o único Deus verdadeiro, e daquele que enviaste, Jesus Cristo.” (João 17:3) Esse texto confirma com propriedade tudo isso. Ensina-nos que devemos sempre seguir aquilo que nos conduz para o que é bom.

                                                                        Joca Vitorino

Pensamento: “O salário pago pelo pecado é a morte, mas o dom dado por Deus é a vida eterna por Cristo Jesus, nosso Senhor.” (Romanos 6:23)



Nenhum comentário:

Postar um comentário