Google+ Followers

segunda-feira, 8 de junho de 2015

Não conta tempos da ignorância

O perdão é mesmo um incentivo baseado no que ele significa para cada um de nós.

“Quem encobre as suas transgressões não será bem-sucedido, mas aquele que as confessa e abandona será tratado com misericórdia.” (Provérbios 28:13) Que bom, não é mesmo?, desde que sabemos que somos imperfeitos e passíveis de erro. (Ser humilde é um 'primeiro passo'.)
Aprendemos que não se deve estabelecer um limite para o perdão. Por causa disso compreendemos o que Jesus Cristo disse quanto a perdoar até setenta e sete vezes. (Mateus 18:21, 22) Mostra de que o perdão divino é abrangente e generoso. (http://wol.jw.org/pt/wol/d/r5/lp-t/2010251?q=perd%C3%A3o&p=par)
Que o nosso santo e generoso Deus Jeová nos dê um bom dia de humildade e fé em nome de nosso Senhor Jesus Cristo!

                                                        Joca Vitorino

Pensamento: “Pois todos nós tropeçamos muitas vezes. Se alguém não tropeça em palavra, é homem perfeito, capaz de refrear também todo o seu corpo.” (Tiago3:2)



Nenhum comentário:

Postar um comentário