Google+ Followers

sábado, 30 de maio de 2015

Como se sente?

Perdoar é um ato nobre, mas, antes de tudo isso, é um ato a favor de si mesmo; se você odiar, o seu coração fica sobrecarregado e não consegue ser feliz, contudo, se perdoa, tem uma leveza em si e consegue olhar para a frente e sorrir.
Pobre homem aquele que não perdoa, porque vive com ódio no coração e sofre o tempo todo. Por exemplo, o que odeia tem sobre si o ódio como um tsunami, que toma conta dele e a pessoa -objeto do ódio- continua vivendo, se alimentando e aproveitando a vida. E você?
“Pois os meus erros pairam acima da minha cabeça; como um fardo pesado, são demais para eu carregar.” (Salmo 38:4) Assim é aquele que não perdoa, que não se perdoa e vive um cansaço espiritual indefinido e desgastante. Mas, seja o que Deus abençoa, protege e guia: “Tu, ó Jeová, és bom estás sempre pronto a perdoar; é imenso o teu amor leal por todos os que te invocam.” (Salmo 86:5)
Que o nosso supremo e fiel Deus Jeová nos dê um bom dia de reflexões, fortaleza espiritual e fé em nome de nosso Senhor Jesus Cristo!

                                                        Joca Vitorino

Pensamento: “E não ensinarão mais cada um ao seu próximo e cada um ao seu irmão, dizendo: ‘Conheçam a Jeová!’ Porque todos eles me conhecerão, desde o menor até o maior”, diz Jeová. “Pois perdoarei o seu erro e não me lembrarei mais do seu pecado.” (Jeremias 31:34)

Nenhum comentário:

Postar um comentário