Google+ Followers

sexta-feira, 6 de março de 2015

Se sabe fazer o que é bom por que não faz?

No dia seis de janeiro de dois mil e quinze ouvi com muita atenção a um discurso bíblico e uma coisa me impressionou. Foi quando o orador disse: 'Se a pessoa é má e pratica o mal o que vai colher?' E falou sobre Acabe, o rei mau e sobre Jezabel, uma rainha também má, e perguntou: 'Em que resultaria tal união?' E nos incentivou a ler com ele, na Bíblia, Deuteronômio 7:3, falando sobre uma lei que Acabe conhecia, mas desconsiderou. Então, nos foi dada uma reflexão: Não vos ponhais em jugo desigual com incrédulos. Pois, que associação tem a justiça com o que é contra a lei? Ou que parceria tem a luz com a escuridão?  Além disso, que harmonia há entre Cristo e Belial? Ou que quinhão tem o fiel com o incrédulo?  E que acordo tem o templo de Deus com os ídolos? Pois nós somos templo dum Deus vivente; assim como Deus disse: “Residirei entre eles e andarei entre [eles], e eu serei o seu Deus, e eles serão o meu povo.” (2 Coríntios 6:14-16)
Vamos lutar para fazermos o que é bom e sermos pessoas melhores, pois quem planta vento colhe tempestade. (Oseias 8:7) Semeie o que frutifica bons resultados.
Se a pessoa é má pode esforçar-se em mudar de proceder para viver mais e para viver melhor e isso contará como crédito para o futuro que Deus reserva para os obedientes. A obediência resulta em bençãos e proteção. Perceba o valor da obediência, como registrado na Bíblia: “Samuel disse: “Tem Jeová tanto agrado em ofertas queimadas e em sacrifícios como em que se obedeça à voz de Jeová? Eis que obedecer é melhor do que um sacrifício, prestar atenção [é melhor] do que a gordura de carneiros.” (1 Samuel 15:22)
Que o nosso santo, soberano, Altíssimo, glorioso e justo Deus Jeová nos dê um bom dia de bom humor, amor, paz, proteção, boa saúde e bençãos em nome de nosso Senhor Jesus Cristo!

                                                       Joca Vitorino

Pensamento: “O homem bom, do seu bom tesouro, envia coisas boas, ao passo que o homem iníquo, do seu tesouro iníquo, envia coisas iníquas.” (Mateus 12:35)

Nenhum comentário:

Postar um comentário