Google+ Followers

sábado, 7 de março de 2015

Amor-próprio

Amor-próprio é você, meu amor. É a saudade que sinto de mim quando você sai. O meu amor por mim é o segundo ai!, é ouvir uma canção, é a lucidez de amar.
Amor-próprio é você existir para mim. É você existir mesmo assim; é o meu eu-e-você, é o seu eu-e-você. Na verdade, amor-próprio é saber que existe algo que você faz naturalmente e faz muito bem feito. O amor-próprio é algo que o faz uma pessoa melhor, é algo que mostra que quem ama a si mesmo, ama, concordemente, os ao seu redor.
O amor-próprio é algo desenvolvido no coração. Você pode criar o amor, cuidar e aí virá o desenvolver prático, pois o amor próprio significa, corretamente como Jesus falou, amar a Deus sobre todas as coisas e amar ao próximo como a si mesmo. (Marcos 12:30, 31)
Amor-próprio é amar intensa e grandemente a outros de maneira que estejam satisfeitos e felizes, você e as pessoas as quais você direciona tal amor. Então, amor-próprio é uma coisa que acontece mesmo sem querer. É algo lógico, simples e profundo.
Que o nosso amoroso, amado, santo, justo e feliz Deus Jeová nos dê um bom dia de positividade, amor, esperança, humildade e frutos do espírito santo em nome de nosso Senhor Jesus Cristo!

                                                                      Joca Vitorino

Pensamento: “Sejam tirados dentre vós toda a amargura maldosa, e ira, e furor, e brado, e linguagem ultrajante, junto com toda a maldade.  Mas, tornai-vos benignos uns para com os outros, ternamente compassivos, perdoando-vos liberalmente uns aos outros, assim como também Deus vos perdoou liberalmente por Cristo.” (Efésios 4:31, 32)

Nenhum comentário:

Postar um comentário