Google+ Followers

terça-feira, 20 de janeiro de 2015

Você vigia ou confia?

Estar unido é para quem, além de gostar, confia. Não adianta só querer estar junto ao outro, tem que saber dar e aceitar os gestos afetivos como um presente precioso, porque apenas querer estar junto parece mais um desejo egoísta de ter alguém ao lado.
De que adianta estar com uma pessoa e querer coordenar seus passos, limitando suas amizades, suas vestes, suas buscas de lazer? A união deve ser preenchida por gestos naturais, cordiais e românticos.
 A 'vigilância' no amor não agrada a quem pratica nem a quem é incomodado. Por que está com essa pessoa se não pode confiar? Por que está num envolvimento que não permite ao outro um pouco de liberdade? Estar unido é um acordo amoroso entre o casal, assinado pelo coração.
O amor que une é assim, como descrito pelo apóstolo Paulo na Bíblia: “Portanto eu, o prisioneiro no Senhor, suplico-vos que andeis dignamente da chamada com que fostes chamados,  com completa humildade mental e brandura, com longanimidade, suportando-vos uns aos outros em amor, diligenciando observar a unidade do espírito no vínculo unificador da paz.” (Efésios 4:1-3)
Você vigia ou confia? Seria mais seguro ter alguém em quem confiar, não viver só por presença e passar os dias de uma vida de perturbação mental, emocional e física. A união tem que ser algo permanente e para tal deve se associar espiritualmente porque o estado físico das pessoas são desejo e satisfação, enquanto o que é espiritual dá honra e permanece.
Que o nosso Criador, bondoso, alegre, justo e santo Deus Jeová nos dê um bom dia de felicidade, paz, sabedoria, amor e bençãos em nome de nosso Senhor Jesus Cristo!

                                                                  Joca Vitorino

Pensamento: “Em amor fraternal, tende terna afeição uns para com os outros. Tomai a dianteira em dar honra uns aos outros.” (Romanos 12:10)

Nenhum comentário:

Postar um comentário