Google+ Followers

sábado, 24 de janeiro de 2015

Digno -até que ponto?

A força que eu queria ter era a de não sofrer, mas isso ainda não é possível, sei.
A força que ainda possuo é a dignidade, que, dentre tantas outras, é a que prevalece em qualquer lugar e em quaisquer situações.
A dignidade é algo particular e universal, um privilégio alcançado depois de muita luta. Ninguém digno o é à toa. Só é porque lhe foram imputados méritos próprios, pessoais.
A dignidade faz parte da disciplina do homem, pois é a partir da disciplina que se constitui caráter e a dignidade é a exposição do caráter.
Antes, a licença poética, hoje a permissividade na 'criação' das palavras, por isso ser digno é contado de muitas maneiras, como histórias de ninar -só para agradar, enquanto verdadeiramente falando 
Dignidade é algo de amor e humildade unidos para agradar ao Criador.
O contrário de tudo o que pode acontecer é não buscar um ponto de apoio, um ponto de equilíbrio para que a sua conduta seja apreciada e sustentada.
Dignidade é muito mais do que uma palavra para aliviar o sentimentalismo de alguém. É uma preciosidade para o seu melhor relacionamento cristão. Essa pesquisa a seguir para mim é uma preciosidade: Por que o Diabo desejaria que Adão perdesse seu amor-próprio, ou dignidade? Porque o homem foi feito à imagem de Deus, e Satanás deleita-se em ver os humanos agir de um modo que distorça seu reflexo da glória de Deus. (Gênesis 1:27; Romanos 3:23) Isso nos ajuda a entender por que os atos de humilhação permeiam a história humana. Como “deus deste sistema de coisas”, Satanás vem promovendo esse espírito “durante o tempo em que homem tem dominado homem para seu prejuízo”. (2 Coríntios 4:4; Eclesiastes 8:9; 1 João 5:19) Significa isso que a verdadeira dignidade humana foi perdida para sempre? < http://wol.jw.org/pt/wol/d/r5/lp-t/1203235?q=dignidade&p=par >
Que o Todo-Poderoso, justo, soberano, Pai, fiel e santo Deus Jeová nos dê um bom dia de paz, amor, alegria, brandura, sabedoria e bençãos em nome de nosso Senhor Jesus Cristo!

                                                              Joca Vitorino

Pensamento: "Pela benevolência e pela veracidade se expia o erro, e no temor de Jeová a pessoa se desvia do mal." (Provérbios 16:6)

Nenhum comentário:

Postar um comentário