Google+ Followers

domingo, 21 de dezembro de 2014

O ar que você respira

Você acorda, abre as janelas e inspira profundamente o ar, preenchendo os seus pulmões de alegria e saúde todos os dias, mas você sabe o quão limpo está esse ar que respira? Na verdade, sabe o quão impuro é esse ar que você está respirando?
Tive a felicidade de participar de uma reunião na qual o orador falou sobre o espírito do mundo, que devemos resistir, e onde foi lembrado que ocorrem muitas mortes espirituais, diariamente, por inalarem o espírito do mundo, que é o oposto do espírito santo. O espírito do mundo polui o ser.
O ar que respiramos tem que estar limpo e para tal é necessário que contribuamos para isso. Temos que dizer não ao modo de vida mentiroso, à violência, ao adultério, à fornicação que são obras da carne da mesma forma que temos que evitar elementos que causem a destruição dos sistemas de proteção do nosso planeta a exemplo de: Aldeídos (RCHO); Dióxido de Enxofre (SO2); Dióxido de Nitrogênio (NO2); Hidrocarbonetos (HC); Material Particulado (MP); Monóxido de Carbono (CO); Ozônio (O3); Poluentes Climáticos de Vida Curta (PCVC).
O ar que respiramos, quer seja o ar natural, que dá vida, quer seja o ar espiritual, que mantém a vida, tem que estar livre de impurezas e você é o gerenciador do seu modo de viver, cabe, então, a você os cuidados e manutenção para isso. É preciso que você faça um registro de como vai se esforçar em cuidar de si e que o guarde para reflexão. Isso o protegerá contra problemas morais e espirituais, pois a tentação que pode vir sobre você deve ser corretamente vigiada. (Mateus 4:8-10)
Que o nosso fiel, amigo, bendito, e santo Deus Jeová nos dê um bom dia de bençãos, paz, felicidade e humildade em nome de nosso Senhor Jesus Cristo!

                                                                Joca Vitorino

Pensamento: "Não recebemos o espírito do mundo, mas o espírito que é de Deus, para que soubéssemos as coisas que nos foram dadas bondosamente por Deus." (1 Coríntios 2:12)

Nenhum comentário:

Postar um comentário