Google+ Followers

quinta-feira, 27 de novembro de 2014

Tudo o que eu gostaria com você

Bom dia!
Gostaria de reencontrar a alegria que está em você. Gostaria de rever a felicidade que está no seu sorriso e a emoção de poder tocar e abraçar você. Gostaria de sentir novamente o quanto você é importante para mim.
Os seus olhos me fazem querer ficar sempre ao seu lado; a sua voz acalma e causa um bem-estar maravilhoso em mim; as suas mãos vibram o meu ser com o seu cuidado e o seu carinho em tocar, acariciar, gesticular.
Gostaria de sentir o seu coração pulsando junto ao meu; a vibração conjunta e única, num abraço sincero, desejoso e prazeroso que você sabe dar.
Gostaria de ter a minha vida na sua ou a sua vida na minha, numa confusão de bons sentimentos, numa alteração química e emocional de dois seres numa singularidade afetiva-amorosa-cativa.
Quero os seus olhos aqui, junto a mim, olhando nos meus e olhando as coisas que nos causam entusiasmo. Quero as suas mãos nas minhas, num aperto de sentir segurança e a possibilidade de que estamos, sim, unidos, juntos, próximos e crentes de que não é um sonho.
Quero desejar um bom dia para todas as vidas presentes nas nossas, para todas as vidas envolvidas com Cristo (na sinceridade de suas mentes e corações), para todas as vidas que sabem da necessidade de se envolver com o único e verdadeiro Deus. (Isaías 43:10)
Quero ser feliz, meu Deus!, e não quero ser feliz sozinho. Quero ver as pessoas felizes e em paz para que possamos ir e voltar abençoados por onde quer que andemos.
Tudo o que eu gostaria em você, pessoa, é o amor aplicado e bem direcionado, desinteressado.
Que o nosso digno, fiel, presente, amoroso, santo e querido Deus Jeová nos dê um bom dia de paz, bençãos, amor, alegria, fé, humildade, boa saúde e proteção em nome de nosso Senhor Jesus Cristo!

                                                         Joca Vitorino

Pensamento: "Por causa da prevalência da fornicação, tenha cada homem a sua própria esposa e tenha cada mulher o seu próprio marido." (1 Coríntios 7:2)

Nenhum comentário:

Postar um comentário