Google+ Followers

segunda-feira, 17 de novembro de 2014

Obrigado, meu Deus!

Acordei com uma brisa suave no meu rosto. Um vento refrescante e necessário para a manutenção da vida. Um alívio do calor da primavera no nordeste do Brasil.
A chuva tem a sua importância e valor vital para todas as espécies do planeta.
A água é a essência da vida. O ar e a água são elementos indispensáveis ao ser vivo e isso todos sabem, mas poucos se preocupam em zelar de uma forma contundente e menos ainda se importam em agradecer ao Criador por tais coisas.
Às vezes você cuida de alguém, ou faz um favor e, que decepção se aquela pessoa sequer diz um 'obrigado!' Decepção não porque aquilo fosse importante para você, mas porque seria um gesto de que prestou atenção ao seu feliz ato de ajuda e sentiu-se grato por isso. Agora, imagine você poder respirar, beber, higienizar a você mesmo e aos seus alimentos, vestes e outros itens mas não agradecer a Deus por isso. É como você se sente em relação ao mal-agradecido. 
Não fazemos as coisas para ganhar algo em troca, mas uma consideração por agradecer um gesto natural será sempre bem-vinda.
A Bíblia nos diz: "Dai graças em conexão com tudo." (1 Tes. 5:18) Então, devemos agradecer pelo mínimo que for feito por nós. Por questão de princípios, por questão de educação e por sermos humanos também, é claro! Até os animais sabem ser gratos quando os tratamos bem.
Obrigado, meu Deus! Como é bom poder ter o Senhor para compartilhar todos os nossos momentos!
Que o nosso digno, clemente, justo, santo e querido Deus Jeová nos dê um bom dia de frutos do espírito santo, sabedoria, proteção, boa saúde e humildade em nome de nosso Senhor Jesus Cristo!

                                                       Joca Vitorino

Pensamento: "Quem beber da água que eu lhe der, nunca mais ficará com sede, mas a água que eu lhe der se tornará nele uma fonte de água que borbulha para dar vida eterna." (João 4:14)

Nenhum comentário:

Postar um comentário