Google+ Followers

segunda-feira, 24 de novembro de 2014

A gratidão que vem do coração

Hoje eu gostaria de agradecer de coração e com profundidade de sentimento, a Deus e às pessoas que amam e respeitam a vida, que respeitam os outros e que gostam de gostar. Um agradecimento especial a todos que praticam um gesto de amor altruisticamente dia após dia. Agradecer mesmo a Deus por nos conceder o privilégio da vida, a dádiva de trabalhar, de nos esforçarmos para que haja o pão nosso de cada dia, todo dia. Agradecer por podermos acordar, sair, voltar. Grato sou por Suas bençãos, ó Jeová!
Agradecer é um gesto de amor, de carinho, de confiança e de educação. Essas coisas se formam em nosso ser no decorrer da vida e se torna personalidade. A nossa personalidade vem dos gestos e intenções que praticamos desde há muito. Por saber agradecer de modo correto, demonstramos caráter; demonstramos quem somos de verdade quando ocorrem certos eventos, pequenos que sejam, mas que nos coloca numa situação de resolver bem e o fazemos.
Agradecer não é só questão de educação doméstica ou escolar, sim de perceber o quão importante foi aquele gesto ou aquela pessoa que nos ajudou de certa maneira.
O alimento espiritual é tão importante quanto a nossa própria vida, mas poucos agradecem por isso. Por que agradecer por algo espiritual? Porque o alimento espiritual nos fortalece, nos torna unidos, amados e amorosos, além de manter a nossa fé em alta e a nossa esperança inabalada.
Agradecer é um gesto do coração. Na Bíblia, em 1 João 4:11 lemos: "Amados, se é assim que Deus nos amou, então nós mesmos temos a obrigação de nos amarmos uns aos outros." Essa obrigação é a gratidão do coração, é o nosso gesto nobre, natural e verdadeiro. Tem que ser.
A gratidão que vem do coração tem que ser pura, sua, grande.
Que o nosso maravilhoso, querido, eterno, santo, justo, clemente e amoroso Deus Jeová nos dê um bom dia de frutos do espírito santo, bençãos, proteção, boa saúde e humildade em nome de nosso Senhor Jesus Cristo!

                                                              Joca Vitorino

Pensamento: "As declarações de minha boca e a meditação do meu coração, tornem-se elas agradáveis diante de ti, ó Jeová, minha Rocha e meu Redentor." (Salmos 19:14)

Nenhum comentário:

Postar um comentário