Google+ Followers

segunda-feira, 27 de outubro de 2014

O amor visto de várias maneiras

Um amor que ela sentiu estava caminhando por uma rua movimentada e entrou por um caminho de pedras e flores dando a sensação de que era esse o modo de viver de todos os sonhos, de todas as pessoas.
                                                              ...
Quando o amor gritou: 'Não dá mais!', ela se assustou e indagou: 'O que foi que eu fiz?', atingindo os centos mil desacertos que ocorrem por causa de situações românticas.
Um romance pode dar certo se não houver cobranças desnecessárias ou absurdas. Quando isso acontece o outro fica pensando que não pode desistir, pois quando precisou aquela pessoa estava ali ao seu lado. Mas eu nunca prestei atenção em alguém dizendo que nunca iria se separar de Deus porque ele nunca o abandonou em vista da condição em que se encontrava. Pessoas.
Parece que as pessoas gostam de ficar vendo e devendo favores a outrem. Devem favores por causa de uma reação educada do outro, ou porque alguém o deixou passar na sua frente em uma fila. Favor é uma coisa que vem do coração e não há dinheiro que pague a voluntariedade de alguém ou sua gentileza. É um bem incondicional. (Favor deriva do latim favere, 'ajudar, proteger, ser favorável a' -origemdapalavra.com.br) Favor é uma alegria e satisfação que alguém sente pelo bem que se quis.
O que confunde as orientações do amor são as reticências e a saudade. Sinto saudade até de quem está do meu lado, por estar calado, sem se fazer entender. O amor é uma lógica e não deviam ficar buscando explicações para tal, pois desde os primórdios da escrita, só a Bíblia define bem o amor. Os homens querem florear as palavras e acabam justificando o alinhamento que devia estar mais um pouco para lá ou para cá; distorcem o amor.
A Palavra de Deus reforça o entendimento, dizendo: "Se amardes aos que vos amam, de que mérito é isso para vós? Pois até mesmo os pecadores amam aos que os amam." Discernidamente, porém, compreende-se que esse amor a-gá-pe, governado por princípios -e sabemos que há princípios bons e princípios maus- pode ser expresso de uma forma errada de a-gá-pe, guiada por princípios maus. E temos uma receita de amor guiada por princípios bons: "Deus recomenda a nós o seu próprio amor [a-gá-pen], por Cristo ter morrido por nós enquanto éramos ainda pecadores." Por conseguinte, amar nossos inimigos deve ser governado pelo princípio estabelecido por Deus e deve ser exercido em obediência a seus mandamentos, quer tal amor seja, quer não, acompanhado de qualquer calor humano ou afeição. (Luc. 6:32; Rom. 5:8; http://wol.jw.org/pt/wol/d/r5/lp-t/1200002781)
O amor pode ser visto de várias maneiras. Na sua mente, nos filmes, nas novelas, nos romances, mas só é verdadeiro amor quando se encontra com o Criador de todas as coisas e baseia nele as emoções para que o (a) companheiro (a) e você mesmo se integrem e se entreguem despreocupada e alegremente ao outro.
Que o nosso soberano, amoroso, amado, querido, santo e justo Deus Jeová nos dê um bom dai de alegria, paz, felicidade, amor, boa saúde, bençãos, proteção, humildade e fé em nome de nosso Senhor Jesus Cristo!

                                                            Joca Vitorino

Pensamento: "Enquanto tivermos tempo favorável para isso, façamos o que é bom para com todos, mas especialmente para com os aparentados [conosco] na fé." (Gálatas 6:10)

Nenhum comentário:

Postar um comentário