Google+ Followers

quarta-feira, 10 de setembro de 2014

O apreciar da Criação

As nuvens avançavam suavemente naquele céu azul de inverno. Nuvens claras, margeadas por raios de sol. Um pouco abaixo, uns animais se deliciando no pasto, num frenético balançar de rabos, num açoite contra insetos que não paravam de lhes incomodar. O sol teimava em querer sair na manhã fria de inverno e resolvi escrever este Blog e lembrei com nostalgia quantas maravilhas de dias já tive em minha vida e também como era bom poder observar a Criação de modo respeitoso e admirar o poder de um ser tão poderoso, Todo-Poderoso, como Jeová Deus.
Lembrei de Davi, ainda jovem, pastoreando o rebanho e animado com o vislumbre que o céu estrelado lhe oferecia.
Lembrei da minha mãe ter ido morar em uma cidade do interior e nos levando a conhecer a paz e alegria de ver e ser apresentado a natureza de perto, ter um quintal plantado, sortido de plantas e frutas em suas variedades.
Hoje estava sentado na frente da casa de um filho meu, caderno e caneta na mão, escrevivendo essa maravilhosa lembrança, pensando em como é bom ter e manter a família e poder participar de momentos assim.
Lembrei também do povo ingrato escravizado no Egito, que clamava por carne e por ações passadas, mas esqueceram das bençãos e das provisões atuais. (Núm. 11:4-6; De. 8:16)
Assim são homens insensatos que dizem que os dias anteriores mostraram ser melhores do que estes, pois não é por sabedoria que perguntam isso, segundo a Bíblia.
Preste mais atenção às obras divinas. Sinta o ar que respira, a brisa que toca o seu corpo, a água que bebe e higieniza você, o solo que pisa e que tira alimentos para a sua sobrevivência. Enfim, agradeça a Jeová por existir.
Que o nosso bondoso, fiel, justo e santo Deus Jeová nos dê um bom dia de paz, alegria, boa saúde, proteção, bom humor, bençãos e sabedoria em nome de nosso Senhor Jesus Cristo!

                                                       Joca Vitorino

Pensamento: "A luz também é doce, e é bom para os olhos verem o sol; pois, mesmo que o homem viva muitos anos, alegre-se ele em todos eles. E lembre-se ele dos dias de escuridão, embora possam ser muitos; cada [dia] que chega é vaidade." (Eclesiastes 11:7, 8)

Nenhum comentário:

Postar um comentário