Google+ Followers

segunda-feira, 11 de agosto de 2014

Que amor é esse que você sente e que você dá?

Os que passam a vida se importando com o que os outros sentem ou passam, vivem como desconhecidos porque fazem as coisas com o coração. São os anônimos mais conhecidos em toda a parte, visto que fazem coisas que, em outras circunstâncias, seriam necessárias grandes arrecadações, mas  as fazem dos esforços pessoais e condições materiais próprias.  
Por que uma pessoa ou um grupo de pessoas se envolvem de tal maneira? Movidos pelo amor altruísta, onde não se busca vantagens pessoais e sim a abnegação (onde nega a si mesmo em prol do próximo). O altruísmo os leva a ter compaixão dos mais necessitados e isso faz com que empregue bem o seu amor.
Amar assim, incondicionalmente, faz um bem incrível, porque nos deixa livres de cobranças e nos permite ter uma liberdade que muitos desconhecem por não agir assim.
Jesus Cristo demonstrou esse tipo de amor quando esteve entre os homens. Chegou a ser tentado no ermo pelo inimigo, mas Jesus manteve-se firme nos princípios divinos e mostrou que vencer é uma questão de fé e árdua luta.
Hoje sabemos que existem milhares de pessoas que agem do modo adequado para com os corretamente dispostos a aceitar as boas novas do Reino de Deus. Muitos perguntam o que elas ganham, com isso e essas pessoas humildes e amorosas felizmente ganham a satisfação de representar aquele que sacrificou-se por todos e de fazer a vontade do Pai nosso que está nos céus. (Atos 13:48)
O amor que sentimos deve ser o mesmo que damos para que todos estejam alegres e satisfeitos com isso.
Que o nosso misericordioso, sublime, terno, carinhoso, santo e justo Deus Jeová nos dê um dia segundo a Sua santa vontade em nome de nosso Senhor Jesus Cristo!

                                                           Joca Vitorino

Pensamento: "Quem me tem visto, tem visto [também] o Pai." (João 14:9)

Nenhum comentário:

Postar um comentário