Google+ Followers

segunda-feira, 14 de julho de 2014

Lar não é apenas uma casa de bloco e cimento


'Eles pensaram que um lar era um lugar composto de móveis e eletrodomésticos, porque eles possuíam uma casa, um amontoado de bloco e cimento construído com certo luxo.'
Eu vivia bem. Não tinha dinheiro, não tinha móveis lindos para os meus vizinhos admirarem, mas sempre tive alegria e paz. Eu vivia bem, pois quando chegava em casa tinha sempre alguém a me esperar, tinha sempre a minha própria esperança de encontrar o lugar do meu descanso, das minhas reflexões, das minhas orações de agradecimento e relaxamento.
Nossa família nos ensinou o amor. O amor que não se corrompe, não se negocia, não se troca.
Nós damos 'tchau' quando o outro sai para o trabalho ou aula. Temos a mania de abraçar e de dar beijos antes do outro sair e ainda desejamos felicidades, sempre.
O nosso lar é o lugar onde ensinamos o filho a viver, a não pensar só em si, a não pensar só em dinheiro; ensinamos a ter amor. Amor pela vida, pela família, por Deus.
'Eles pensaram que lar era um lugar em que o filho ficava aprendendo inglês e sabia orçamento e planejamento técnico, enquanto vivíamos de verdade, no nosso lar de verdade e aprendíamos a viver sendo honestos e moralmente limpos.'
Eles ensinaram os filhos a dirigir carros e nós ensinamos os nossos a amar a Deus.
Quando morre um ente querido nosso, não é só um funeral, é uma reunião de familiares e amigos aguardando um novo dia, num novo mundo, pois vivemos com esperança. E choramos de saudade, não de lamento.
Eles faziam do lar um centro de atenções para executar manobras financeiras com os filhos, mas nós ensinamos nossa família a compartilhar, a pensar tanto no próximo como em nós mesmos. E vivemos uma comunidade, não num condomínio onde a segurança é tanta que nem mesmo um vizinho pode se aproximar do outro. Os nossos vizinhos são nossos companheiros e entramos em suas casas e sorrimos e nos divertimos juntos.
Eles pensaram que um lar era uma torre de segurança e fizeram seus familiares reféns, mas nós e os nossos familiares temos o mundo natural ao nosso dispor. Não temos novidades tecnológicas que nos privem de sair com medo de sermos assaltados. Temos a nós mesmos e aos nossos amigos, que ninguém quer e nem tem por que levá-los.
Aprendemos a amar um homem que deu sua vida em prol das nossas e cremos nisso. Seu nome é Jesus Cristo. Aprendemos também a adorar aquele que deu o seu único Filho para a nossa salvação e o seu nome é Jeová, nosso Criador. Isso nos motiva, alegra, emociona e capacita. Temos esperança, somos perseverantes e nos sentimos amados. VIVEMOS.
Que o nosso amado, amoroso, fiel, amigo, justo e santo Deus Jeová nos dê um bom dia de boa saúde, fé, muita paz, alegria, amor, proteção, bençãos e reflexões em nome de nosso Senhor Jesus Cristo!

                                                              Joca Vitorino

Pensamento: "Sabedoria é a coisa principal. Adquire sabedoria; e com tudo o que adquirires, adquire compreensão." (Provérbios 4:7)


Nenhum comentário:

Postar um comentário