Google+ Followers

quinta-feira, 5 de junho de 2014

Você acha que isso é amor?

Um homem se aproximou de uma mulher, cortejou-a, conversou com ela, sorriram juntos e começaram um relacionamento. Costumamos ver relacionamentos assim nos filmes, mas na vida real, quando acontece, ficamos chocados por perceber que a duração de uma relação assim é tão curta. Para conviver, temos que conhecer. E ninguém conhece bem uma pessoa num envolvimento de alguns meses apenas. Encontro não é convivência. É uma experiência para se aprofundarem no conhecimento um do outro. Você acha que isso é amor?
Um homem admira uma mulher. Já a observa há meses e tentou até um diálogo com ela. Recebeu um sorriso de volta. Num momento oportuno, ofereceu-lhe algo com a desculpa de que era por estar frio ou calor demais. E foi encontrando resistência e tentando receber sua atenção tantas vezes que começaram a falar até por telefone. Em seguida, visitaram a família de cada um e marcavam passar finais de semanas com os amigos em comum. Ora, com os amigos dele, ora, com os amigos dela. Nesse ínterim, criaram um vínculo de companheirismo, afetividade, respeito, alegria e o querer estar ao lado do outro sempre. Combinaram um noivado e casaram-se há pouco tempo. Você acha que isso é amor?
O seu conceito deve ter um embasamento alicerçado em fontes confiáveis como a Bíblia, por exemplo. Amor não é a pressa de se envolver intimamente. Amor é o valor próprio e o respeito acima de tudo.
A intimidade e o amor advêm da convivência, sim. Preste atenção à Palavra de Deus: "Alegra-te com a esposa da tua mocidade." Isso significa ter e manter um relacionamento sério e casto. (Provérbio 5:18) Se está falando 'esposa da tua mocidade' é porque o relacionamento é duradouro, não uma simples impressão do outro, nem apenas dormir com alguém. Fique atento.
Que o nosso majestoso, grandioso, clemente e misericordioso Deus jeová nos dê um bom dia de muita alegria, paz, fé, amor, esperança, bondade e bençãos em nome de nosso Senhor Jesus Cristo!

                                                                Joca Vitorino

Pensamento: "Acima de tudo, tende intenso amor uns pelos outros, porque o amor cobre uma multidão de pecados." (1 Pedro 4:8)

Nenhum comentário:

Postar um comentário