Google+ Followers

domingo, 29 de junho de 2014

Quem é você?

Em um certo período de tempo um homem dominou o mundo com seu poder, ousadia e autoridade. Nabucodonosor era o seu nome. Um homem ousado, que reinou por quarenta e três anos e que deixou Babilônia para lutar contra os egípcios no quarto ano do reinado de Jeoiaquim, de Judá, segundo registro bíblico de Jeremias 46:2. Conquistou Jerusalém e fez Zedequias rei de Judá em lugar de Joaquim, filho de Jeoiaquim. Posteriormente tornou Daniel governante do distrito jurisdicional de Babilônia. Cercou e invadiu Tiro, em 607 AEC, depois da queda de Jerusalém. Construiu os Jardins Suspensos, uma das grandiosas maravilhas do mundo. Também na Bíblia, em Daniel 2:1 lemos que Nabucodonosor teve sonhos que deixaram seu espírito agitado, e seu sono se tornou algo além dele e Daniel, profeta do verdadeiro Deus, interpretou seus sonhos dentre os quais o sonho de uma árvore e sobre sete tempos que mostrou o poder de Nabucodonosor concedido pelo próprio Deus Jeová e mais uma interpretação de certa forma, calamitosa para ele mesmo: "Esta é a interpretação, ó rei, e o decreto do Altíssimo é o que tem que sobrevir ao meu senhor, o rei. E expulsar-te-ão de entre os homens e tua morada virá a ser com os animais do campo, e vegetação é o que te darão para comer, como a touros; e tu mesmo virás a ser molhado pelo orvalho dos céus, e passarão mesmo sete tempos sobre ti, até saberes que o Altíssimo é o Governante no reino da humanidade e que ele o dá a quem quiser." (Daniel 4:24, 25) E o rei ficou doente e passaram-se os tempos designados até ele retomar a sanidade.  
Na Bíblia, em Daniel 3:19-30 lemos a maldade determinada pelo rei Nabucodonosor, de mandar para a fornalha ardente, sete vezes mais superaquecida, os servos de Jeová, Sadraque, Mesaque e Abednego, por terem se recusado a adorar o deus que ele adorava e a vitória que Jeová deu aos que Nele creram, inclusive o reconhecimento da supremacia de Jeová pelo próprio Nabucodonosor.
Depois desses tempos vários homens e classes de homens já tentaram dominar o mundo e oprimir os do povo de Deus e os resultados são sempre insatisfatórios para eles, pois os que adoram a Deus em espírito, jamais se rendem aos desejos insanos de homens que seguem os desígnios do inimigo 'governante deste mundo.' Eles tem reagido corajosamente e continuam a pregar as boas novas e a manter uma conduta excelente perante os homens, louvando e santificando a Deus.
Esse Blog postado hoje é para encorajar os muitos que acabam, por desespero, se entregando a adoração inexata, a lugares que aceitam erros e que, em vez de seguir os mandamentos divinos, tornam-se atraentes por satisfazerem a vontade daquele pecador que teve um repentino arrependimento.
O povo de Deus é corajoso e forte, pois seguem Aquele que é fiel, amigo e cumpridor de promessas. 
A Palavra de Deus nos fortalece e anima dizendo: "Não os temas; pois não há nada encoberto que não venha a ser descoberto e não há nada secreto que não venha a ser conhecido." E reforça, para aqueles que temem, respeitam e querem servir ao verdadeiro Deus: "O que eu vos digo na escuridão, dizei na luz, e o que ouvis sussurrado, pregai dos altos das casas. E não fiqueis temerosos dos que matam o corpo, mas não podem matar a alma; antes, temei aquele que pode destruir na Geena tanto a alma como o corpo." (Mateus 10:26-28)
Quem é você, um ser temente a Deus e que quer viver ou uma pessoa que pensa que a vida é apenas um estalo de nascer, crescer e morrer e pronto?
A sua fé pode levá-lo à vitória.
Que o nosso bendito e justo Deus Jeová nos dê um bom dia de sabedoria, de vida, de boa saúde, paz, amor e alegria, de bençãos e proteção em nome de nosso Senhor Jesus Cristo!

                                                              Joca Vitorino

Pensamento: "Os olhos de Jeová estão em todo lugar, vigiando os maus e os bons." (Provérbios 15:3)

Nenhum comentário:

Postar um comentário