Google+ Followers

quinta-feira, 26 de junho de 2014

Para pessoas pacíficas

Gosto muito de escrever, mas gosto mais de escrever para que as pessoas compreendam as informações que tento passar para elas. Não só escrevo para dizer que escrevi algo, mas porque me importo realmente com as pessoas que se dispõem a ler o Blog. Tem um ditado que diz: 'O tolo fala porque tem que falar algo, mas o sábio fala porque tem algo a falar.' E nos sentimos assim, na obrigação e afeição de fazer não como os tolos e sim buscando ajudar as pessoas a se ajustarem moralmente e espiritualmente nesse mundo.
Gostaria que vocês pudessem me ver agora, enquanto escrevo, para sentirem o carinho e dedicação que me disponho a escrever todos os dias. Oro para que possa postar palavras de alerta, de bondade, de justiça e de compreensão para que nós, os que nos interessamos por coisas saudáveis e espirituais, possamos estar mais próximos, mais íntimos, mais amigos.
Informo, também, que algumas vezes escrevo palavras que não são bem aceitas por alguns por questão de cultura ou de princípios destes, mas a intenção desse Blog é de conectar as pessoas ao que é divino e não a especulações, nem a discussões desnecessárias, desde que tenho um público fiel e que busca, assim como eu, a verdade da Palavra de Deus, emoções agradáveis de sentir e um modo racional e cristão de pensar maneiras de sobreviver num mundo tão envolvido com violência e egoísmo.
As palavras que escrevo são para pessoas pacíficas, que num momento ou em outro possam estar ansiosas, aflitas, amedrontadas ou angustiadas, mas que possam entender que o homem de Deus é homem de fé, de esperança e que lança sobre Jeová o seu fardo. (Salmo 55:22)
Jesus Cristo falava e praticava boas ações. Temos que seguir a Cristo.
Jesus nos ensinou a orar, a perdoar, a não julgar, a sermos bondosos e a não mentir. Quantos desses itens você pratica? Se quiser agradar a Deus e ser servo Seu tem que se ajustar.
De que adianta ler ou ouvir a Bíblia e não praticar o que é ensinado?
A Palavra de Deus nos orienta a vencer o medo, a sermos consolados, a obtermos proteção e a sermos ativos quanto a pregar a Palavra e a santificar, divulgar o Seu nome.
Por isso uso sempre textos bíblicos, que são para serem usados, lidos. Porque é isso o que Deus requer de nós, os que creem no sacrifício resgatador de Cristo e na supremacia do próprio Jeová, como Pai de Jesus e Criador de todas as coisas.
Confirmem tudo o que foi explanado no Blog de hoje lendo: Mateus 20:28; Provérbios 3:27, 28; Romanos 15:1, 2; Mateus 6:6, 14:23; Romanos 12:12; Mateus 6:12; Provérbios 19:11; Mateus 5:37; Provérbios 6:16-19; Lucas 22:32; Salmo 34:7; Provérbios 29:25; Isaías 41:10, 49:15; Salmo 23:1-4; Deuteronômio 32:11, 12; Marcos 4:35-41; Jó 14:14, 15; Atos 24:15; 1 Coríntios 15:20-22. Esses textos são para reforçar nossa esperança, para fortalecer a nossa fé e para nos manter na integridade cristã.
Que o nosso maravilhoso, onipotente, amoroso, fiel, santo e querido Deus Jeová nos dê um bom dia de muita paz, alegria, amor, sabedoria, bençãos e proteção em nome de nosso Senhor Jesus Cristo!

                                                        Joca Vitorino

Pensamento: "É verdade que nenhuma disciplina parece no momento ser [motivo] de alegria, mas [sim] de pesar, no entanto, depois dá fruto pacífico, a saber, a justiça, aos quem têm sido treinados por ela." (Hebreus 12:11)

Nenhum comentário:

Postar um comentário