Google+ Followers

segunda-feira, 30 de junho de 2014

Em que ou em quem acredita?

A minha vida, a sua vida e a vida de dezenas de milhões de pessoas sofrem disparidades, agonias, incertezas, dores e emoções diferentes. As nossas vidas tem essa identidade. O sofrimento é uma constante na vida de todo ser humano, mas ansiamos por uma vida melhor, sem tragédias, assassinatos, crimes e mortes de qualquer natureza. Nós, os que temos famílias, romances, amigos, saúde em qualquer estágio e que simplesmente existimos, queremos viver melhor; lutamos pra isso. Quando um membro da família mostra desrespeito por alguém, incentivamos este a repensar e se desculpar pelo que fez. Quando um namoro ou outro relacionamento romântico não está dando certo, fazemos de tudo para recuperar isso. Quando tem um doente na família ou no rol dos amigos, não nos importamos qual seja o problema, nos importamos em ajudar no que for possível, nós, humanos, fazemos isso! Agora, imagine se isso tudo veio a existência por um acaso! Lógico que não! O mais provável é que haja um ser que criou e que fez todas essas coisas. A Bíblia nos diz que existe realmente um Criador, que fez todas as coisas. (Gênesis 1:26-31; Hebreus 3:4)
A nossa fé ou falta de fé não significa que algo exista ou deixe de existir. O que faz isso é a demonstração, a objetividade e a finalidade de cada coisa, de cada ser ou de cada criatura.
Se você não acreditar que Deus exista, raciocine, ao menos, em como os seus olhos funcionam; será que o acaso faria algo tão perfeito em tantos milhões de criaturas? Ou será que as múltiplas criações microscópicas, as visíveis a olho nu e as imponentes montanhas e nuvens e o ciclo da água foram originadas pelo acaso? Reflita antes de responder.
Por que será que o acaso não faz com que a vida dure eternamente? Ou por que o acaso permite que homens se tornem tão maus que agridam e assassinem até pessoas da própria família? Por que, por um acaso, as doenças não são curadas?
Todos já ouvimos falar no livre-arbítrio e é isso que nos faz pensar de maneiras diferente, que nos faz agir diferente e, apesar disso, sermos tão iguais em ter fé, em amar, em ter senso de justiça, em sentir dor, em ter vontade de viver e de ver um mundo melhor.
Quantos não querem enxergar a verdade para viverem os seus modos fúteis de vida desencaminhada e desencaminhadora!?
E você, em que ou quem acredita?
Que o nosso soberano e verdadeiro Deus Jeová nos dê um bom dia de bom uso das nossas faculdades mentais, de sabedoria, paz, muito amor, alegria, justiça e proteção em nome do nosso Senhor, salvador e grande instrutor Jesus Cristo!

                                                           Joca Vitorino

Pensamento: "Agora, se for mau aos vossos olhos servir a Jeová, escolhei hoje para vós a quem servireis [...] Mas, quanto a mim e aos da minha casa, serviremos a Jeová." (Josué 24:15)  

Nenhum comentário:

Postar um comentário