Google+ Followers

sábado, 14 de junho de 2014

Copa do Mundo -Escalação

O clima de Copa do Mundo afeta a todos, independente de quem gosta ou não. Afeta mais ainda quando é como no nosso caso, pois é aqui que está sendo realizada a Copa deste ano de 2014.
Um dia, ninguém estava conseguindo entender uma escalação que foi feita e também não houve questionamento naquela hora, mas com o passar do tempo, eles mesmos perceberam que havia algo inadequado naquela escalação. 
Era bem assim: Simão (substituído por Pedro), André, Tiago, João, Filipe, Bartolomeu, Tomé, Tiago de Alfeu, Simão, Judas de Tiago e Judas.
Agora vamos às posições de cada um deles: Centroavante: (Simão) Pedro, pois finalizava bem as jogadas, tem grande mobilidade e tem que marcar gols; Pontas: Tiago de Alfeu e Tomé, porque eram os que mais se movimentavam, puxando a marcação para si mesmos, buscando penetrar a defesa adversária; Meia: Tiago, criando lances ofensivos, tendo como características o passe, a habilidade, a capacidade de bom chute à distância; Alas: João e Filipe, sempre estando mais livres para atuar; Volante: Mateus, fazendo a ligação entre a defesa e o ataque, numa ponte entre o meio-campo e o setor defensivo, anulando jogadas ofensivas contra a sua equipe, distribuindo contra-ataque; Libero: Bartolomeu, como o mais defensivo, encarregado do restante; Laterais: André e Judas de Tiago, ligando a defesa e o meio-campo, apoiando no ataque, defendendo o avanço adversário pelos dois lados do campo; Zagueiros: Simão e Judas Iscariotes, com a responsabilidade de manter a força e a resistência, bloqueando a aproximação adversária, contudo Judas Iscariotes traiu o seu time, vendendo-se por trinta moedas de prata, o que gerou muita confusão, mas era para o cumprimento das Escrituras; Goleiro: Jesus, evitando gols, mostrando ter reflexos apurados e grande flexibilidade. (Lucas 6:12-16)    
Bem, o que ocorreu, então é que até hoje estamos sendo escalados para fazer parte desse maravilhoso e exemplar time, onde Pedro teria que apascentar as ovelhas de Cristo e os demais apóstolos seriam os que alimentariam o rebanho de Deus após a 'saída' de Jesus. Os jogadores que iam sendo apresentados buscavam dos apóstolos ensinamentos sobre Jesus, a fim de aprenderem a ter reflexos apurados e grande flexibilidade, assim como ele demonstrava, buscando uma luz. (Atos 2:22-36)
Cristo hoje atua como técnico desse time de adoradores do único e verdadeiro Deus. Jeová Deus é quem preside esse time. Nestes tempos críticos, em que a escuridão cobre a Terra e densas trevas os grupos nacionais, não somos gratos a Jeová por lançar luz espiritual sobre o seu povo? (Isaías 60:2; Romanos 2:19; 13:12) Para todos os que aceitam esta luz, ela significa paz mental e alegria desde já, e nada menos do que vida eterna no futuro. Portanto, nós, os que amamos a luz, temos bons motivos para louvar a Jeová com entusiasmo e dizer junto com o salmista: “Jeová é o baluarte da minha vida. De quem terei pavor? Espera em Jeová; sê corajoso e fortifique-se teu coração. Sim, espera em Jeová.” — Salmo 27:1b, 14.    http://wol.jw.org/pt/wol/d/r5/lp-t/2001164?q=batalha+espiritual&p=par 
Esta é a salvação dos que escolhem a luz, daqueles que mantiveram a fé e não redirecionaram seus objetivos cristãos a fim de não perderem a salvação e a vida eterna. Estes são, indefinidamente, campeões.
Que o nosso digno, fiel, justo e benigno Deus Jeová nos dê um bom dia de muita paz, proteção, alegria, bençãos, sabedoria, boa saúde e amor em nome de nosso Senhor Jesus Cristo!

                                                                    Joca Vitorino

Pensamento: "Certificai-vos de todas as coisas; apegai-vos ao que é excelente." (1 Tessalonicenses 5:21)

Nenhum comentário:

Postar um comentário