Google+ Followers

quarta-feira, 28 de maio de 2014

Por que ainda ouvimos falar de amor?

O amor, tão esquecido, foi visto um dia caminhando em direção a uma casa próximo ao lugar onde eu morava. Ele vestia  roupas simples, calçados desgastados e seu porte era de alguém cansado, abatido. Olhava para tudo à sua volta, sem pressa. Seus passos eram lentos e firmes. Como pode o amor andar desse jeito?!, alguns podem perguntar, mas eu é que pergunto: -'Você conhece o amor?' Sabe onde anda o amor, como ele se veste, o que faz? O amor pode se apresentar de diversas maneiras para você, resta saber se você conseguirá identificá-lo.
Para conhecer profundamente o amor, o coração tem que estar puro, livre, desejoso de viver e de ter felicidade. O amor é a busca e o encontro de tudo o que é bom. Não de procurar só o que é bom nos outros, mas de procurar em si mesmo o que há de melhor. O amor é poder olhar e ver a beleza que emana de dentro dos outros.
Como isso pode ser trabalhado em nós? Primeiro, devemos nos empenhar em nos dar de verdade, como Abel entregava a Jeová as suas melhores ofertas, as primícias. Depois, nos espelhemos em Abraão, que levou o seu único filho para ser dado em sacrifício (e foi poupado). Entretanto, temos que nos guiar, principalmente, pelo que Jesus Cristo fez, de se oferecer como sacrifício propiciatório pelos nossos pecados e de seu Pai, Jeová, que entregou o único filho para salvar uma humanidade corrompida, corrupta e pecadora, mas que, pelo amor, Deus conseguiu ver que nem todos eram assim. Gênesis 4:4, 5; João 3:16) Por isso ainda ouvimos falar de amor, pois é da vontade de Deus que se dê assim.
Que o nosso maravilhoso, honrado, santo e benevolente Deus Jeová nos dê um bom dia de muita alegria, paz, amor, bençãos, segurança, boa saúde, e madureza espiritual em nome de nosso Senhor Jesus Cristo!

                                                                    Joca Vitorino

Pensamento: "E,  por causa do aumento do que é contra a lei, o amor da maioria se esfriará. Mas, quem tiver perseverado até o fim é o que será salvo." (Mateus 24:12,13)

Nenhum comentário:

Postar um comentário