Google+ Followers

sexta-feira, 16 de maio de 2014

Existe dilema no amor?

O que mais interessa saber: como ser mal-educado ou como ter boas atitudes? Deixaria a pessoa que você se envolve por uma que conheceu há pouco, mas que sabe falar bem e é melhor apresentável? Como gostaria de ser tratado: grosseiramente ou gentil e atenciosamente? O que seria preferível: ter algo que agradasse tanto a você, só a você, ou algo que animasse toda a sua família? O que seria de você se ficasse milionário? Mudaria do lugar onde mora? Abandonaria os amigos? Manteria a sua boa conduta e amizade? Podemos chamar essa situações de dilema, pois temos que tomar uma decisão séria quanto ao que está acontecendo e dilema é bem assim, estar diante de uma situação que oferece duas saídas, colocando a moral e a ética em jogo.
Mas, será que existe dilema no amor? Sim. Pra começar, o amor contemporâneo está cheio de mudanças. Hoje as pessoas denominam amor uma impressão que tem de um envolvimento de apenas alguns dias com o outro, mas na verdade, amor não tem como definir em palavras e, muitas vezes, por querer explicar o amor as pessoas entram em controvérsias. Na verdade, o bom do amor é sentir, é deixá-lo fluir enquanto estamos na mesma sintonia e vibração. Pode-se amar por simplesmente olhar, por conhecer e entender ou por motivos ainda não descritos ou conhecidos por nós que não somos pesquisadores profissionais.
Os dilemas nascem de alguma necessidade e devemos manter o empenho em sermos dignos sempre. Tomemos como exemplo as tentações sofridas por Jesus Cristo quando estava no deserto, cansado e faminto. Qual a sua reação? Quanto a fome, ele lembrou-se das Escrituras e rejeitou tal tentação. E você, o que faria? Na tentação seguinte, o inimigo quis fazer Cristo mostrar que 'podia' também, o que ele não aceitou por mostrar a importância e valor de Jeová para ele. Na última tentação no deserto, o inimigo quis fazer Cristo rejeitar a soberania do bom Deus, coisa que Cristo foi enfático em não aceitar. Por que Cristo, mesmo enfraquecido e faminto rejeitou tais coisas? Por amor e obediência. O amor é capaz. Percebeu? O amor tolera e aceita. (Mateus 4:4-10)
Que o nosso grandioso Criador, excelso e magnífico Deus Jeová nos dê um bom dia de muita espiritualidade, paz, alegria, amor bençãos e proteção em nome de nosso Senhor Jesus Cristo!

                                                                         Joca Vitorino

Pensamento: "Eu vos disse estas coisas para que, por meio de mim, tenhais paz. No mundo tereis tribulação, mas, coragem! eu venci o mundo." (João 16:33)     

Nenhum comentário:

Postar um comentário