Google+ Followers

segunda-feira, 28 de abril de 2014

Você acha que isso que você vive é vida?

Você acha mesmo, do  seu coração, que esse modo como você tenta subsistir é viver?
Raciocine com o seu coração se tudo se resume a nascer, crescer e morrer. Existe muito mais envolvido. Existe a motivação pessoal, a alegria, a oportunidade e a dedicação que são fatores que ajudam e ajustam o modo que devemos viver. Existe a vida e dádivas para sustentar a vida, além de uma promessa de vida eterna feita pelo Criador. (2 Pedro 3:13)
Viver, diferente do que os desinteressados pensam, não se baseia em ter beleza aparente, ou ter muitos seguidores em redes sociais, nem mesmo saber falar lindas palavras, ou ir contra os princípios religiosos ou sociais do outro. Viver é compreender o amor, a esperança e a Jesus Cristo e a Deus. Viver é selecionar o tipo de pessoa com quem quer se envolver. É fazer as coisas sem egoísmo, por prazer. Viver não é usar a palavra de Deus para ofender os outros, pois a própria Bíblia já informa: "Há um que é Legislador e Juiz, aquele que é capaz de salvar e de destruir. Mas tu, quem és tu para julgares o [teu] próximo?" (Tiago 4:12)
Li, numa revista cristã, que 'o objetivo de Cristo, como Rei guerreiro, não é ocupar territórios nem dominar povos. Ele trava uma guerra justa com objetivos nobres. Ele cavalga na causa da verdade, da humildade e da justiça.' (A Sentinela 15 de fevereiro de 2014 pág. 5, parágrafo 11) Jesus Cristo, que é autoridade, está sujeito a Jeová Deus, o seu Pai, então, nós, como seus seguidores, devemos imitá-lo. Lemos que ele tem objetivos nobres. Pelo que, então, devemos lutar? Para expor nosso ridículo e pobre ponto de vista sobre algo meramente pessoal? Devemos, igualmente lutar pelos mesmos desígnios de Cristo, se quisermos ser aceitos pelo bom Deus. Isso é viver: lutar com esperança.  
E agora, você acha que isso que você vive é vida?
Que o nosso majestoso, grandioso, soberano e eterno Deus Jeová, justo e santo que é nos dê um bom dia de boas realizações, paz, amor, alegria, madureza espiritual, proteção e disposição para superar as adversidades em nome do seu querido e amado Filho, nosso salvador Jesus Cristo!

                                                                          Joca Vitorino

Pensamento: "Porque Deus amou tanto o mundo, que deu o seu Filho unigênito, a fim de que todo aquele que nele exercer fé não seja destruído, mas tenha vida eterna." (João 3:16)

                                                                         

Nenhum comentário:

Postar um comentário