Google+ Followers

sábado, 8 de março de 2014

Cristão 'da boca pra fora'. Não seja esse.

Você gosta muito de falar contra os outros, se acha o senhor da razão, se mostra intelectual contra quem se dedica a aprender de Deus, assim fica fácil, não é? 
Por que não mostra sabedoria por ajudar os outros a compreender o que é certo e o que é bom? Por que não deixa de se mostrar sábio aos seus próprios olhos e cuida da sua própria vida deixando de lado a hipocrisia de chamar aos outros pelo que você mesmo é e de julgar aos outros pelos seus pensamentos medíocres? (Provérbios 3:7).
Cristão é o ser que por providência divina congrega, ensina e prega a Palavra de Deus, imitando a Cristo (Atos 11:26). O termo cristão é um termo para ser respeitado, e não mostrado como se fosse uma definição qualquer, usado por pessoas quaisquer. Até mesmo um nobre percebeu e falou sobre isso, como registrado na Bíblia em Atos 26:28. Mas, como descrito, um nobre percebeu isso, e para entender bem tem que ter nobreza e personalidade definida, pois os demais só fazem criticar agressivamente. Quem fala contra um servo de Deus está perseguindo a Cristo dessa mesma maneira, como ele próprio disse, conforme lemos na Bíblia, em Atos 22:7.
Ser cristão é um nome dado por Deus, pois lemos que foi assim 'por providência divina'. Agora, da próxima vez em que pensar em se ousar, usando sua imperfeição como desculpa para criticar quem se envolve e se dedica a Deus de verdade, lembre que estará, na verdade, desafiando a Jeová Deus, o Grandioso Criador, o único Deus verdadeiro. Quer enfrentar isso?
Que o nosso Todo-Poderoso, maravilhoso e santo Deus Jeová tenha misericórdia de nós e nos dê um bom dia de compreensão, sabedoria, paz, amor, alegria, justiça e proteção em nome de nosso Senhor Jesus Cristo!

                                                                            Joca Vitorino

Pensamento: "Porque [os] olhos de Jeová estão sobre os justos e os seus ouvidos estão atentos às súplicas deles; mas [o] rosto de Jeová é contra os que fazem coisas más." (1 Pedro 3:12)

Nenhum comentário:

Postar um comentário