Google+ Followers

terça-feira, 27 de agosto de 2013

Um amor entre nós - continuação

Imagem e texto de hoje: https://plus.google.com/photos/107925903145619205839/albums/5897155477838808209/5916638327472814018?banner=pwa&pid=5916638327472814018&oid=107925903145619205839
Era pra ser o seu modo de dizer as coisas; agradável ou não, era o seu jeito de falar a verdade. A sua sinceridade. Muito melhor do que ficar por aí dizendo coisas só para agradar aos outros e não ser verdade. Ou ao menos, não ser de modo prazeroso.
Era pra ser uma superação.
Era pra ser uma vitória, mas serão muitas, por um mesmo e único motivo: o amor de verdade. O amor que há entre nós.
Precisei fazer isso. Precisei ter Deus em nossas vidas para viver de verdade. Esse amor entre nós não nos divide, nos completa, fortalecendo, alegrando, cativando mais e constantemente.
Ah, o amor de Deus! Como eu gosto e preciso! O amor de Deus significa que Seus mandamentos não são pesados (1 João 5:3 -complemente com 1 João 4:8, 18; Colossenses 3:14; Romanos 8:39).
Esse amor entre nós está nos unindo cada vez mais, como entre um tijolo e outro tivesse o cimento; esse é o amor que une e que torna difícil de separar.
Que o nosso grandiosos e misericordioso Deus Jeová nos dê felicidade, paz e harmonia para esse dia em nome de nosso Senhor Jesus Cristo!

                                                                                 Joca Vitorino

Pensamento: "Num dia bom mostra-te em bondade, e num dia calamitoso, vê o que o [verdadeiro] Deus fez até mesmo este exatamente como aquele, com o objetivo de que [os da] humanidade não descobrissem absolutamente nada depois deles." (Bíblia-Eclesiastes 7:14)

Nenhum comentário:

Postar um comentário