Google+ Followers

domingo, 2 de junho de 2013

O que você ganha por isso?

Imagem e texto de hoje: http://i44.tinypic.com/bhepuv.jpg

A Palavra de Deus é, às vezes, curiosa. Li hoje ao acordar: "Qual é então a minha recompensa?" E eu mesmo parei para refletir nessas palavras encontradas em 1 Coríntios 9: 18. O que você ganha por ser dedicado ao serviço de pregar? E se existissem sinônimos para exultação e eles fossem mais do que apenas sinônimos eu os utilizaria para responder, porque é uma satisfação, alegria, um encontro comigo mesmo e com tudo o que é bom e desejável falar de Deus e Seus propósitos para a humanidade; falar de esperança, de amor (quem não precisa disso?), falar de verdades que conduzem a nossa vida e principalmente, esclarecer motivos, situações e empenho dos acontecimentos mundiais segundo a Bíblia.
A humildade é um dos itens para que essas coisas aconteçam. Por exemplo, lemos em 1 Coríntios 9: 19-23 que o apóstolo Paulo, embora livre, fez-se escravo de todos para ganhar o máximo deles. Assim para os judeus tornou-se como judeu, para ganhar judeus; para os debaixo da lei, tornou-se como tal, embora ele mesmo não estivesse debaixo da lei, para ganhar a tais. Para os sem lei, tornou-se como sem lei, embora não estivesse sem lei para com Deus, mas estivesse debaixo da lei para com Cristo, para ganhar os sem lei. Para os fracos tornou-se fraco, para ganhá-los. E diz: 'Tornei-me todas as coisas para pessoas de toda sorte, para de todos os modos salvar alguns. Mas, faço todas as coisas pela causa das boas novas, para tornar-me compartilhador delas com [outros].' Então, que maior prova de amor e dedicação de um homem comum, imperfeito como nós, fazer tudo isso e ter visto resultados positivos? Imagine a alegria de Paulo por ter pregado a todo tipo de pessoas e ver muitos se achegarem a Deus com o coração pleno!
Pregar as boas novas não é mesmo fácil. É ser tachado de palavras absurdas e críticas, mas devemos lembrar que o Cristo passou por isso de maneira muito mais dolorosa, que o levou à morte. E ele não pecou! Mas salvou centenas de milhares que hoje se dispõem de realizar e dar continuidade a sua obra de fazer discípulos de pessoas de todas as nações como ele ordenou que fizéssemos e nos fortalece dizendo: 'E eis que estou convosco todos os dias, até a terminação do sistema de coisas.' (Mateus 28: 19,20)
Agora, temos mais um motivo para não desistirmos de pregar as boas novas e você, o que ganha por isso? O que realmente ganha com isso?
Que Jeová nosso magnífico, supremo, maravilhoso e amoroso Deus nos dê um bom dia de podermos louvar, pregar e honrar o seu santo nome em nome de nosso Senhor Jesus Cristo!

                                                                                                 Joca Vitorino

Pensamento: "O sucesso do casamento requer algo mais importante do que encontrar a pessoa certa: é ser a pessoa certa." (Constâncio C. Vigil)
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário