Google+ Followers

quarta-feira, 6 de março de 2013

Amar e morrer

Imagem e texto de hoje: http://i47.tinypic.com/15hmsqo.jpg

Ela cuidou dele. Muito bem cuidado como se cuida de uma criança. E alimentou e fez companhia. Depois, deu-lhe veneno.
Essa é a história da vida de muitos casais da atualidade. Não necessariamente nessa condição. O que ocorre é que muitos casais hoje vivem sem alegria mútua. Ou vive para alegrar o outro, ou sofre por suportar o que o outro faz.
Lemos jornais e revistas, assistimos Tv e a internet oferece uma amplidão de assuntos de desafetos, incompatibilidade, adultério, estupro, agressões verbais e físicas, e assim vamos entendendo como está direcionado 'o mundo' hoje.
O amor tem de permanecer, tem de existir, que resistir aos acontecimentos. Isso é que é viver a dois, isso é o que é ter e manter a família unida.
Deus nos deu uma garantia de alegrar com a esposa da mocidade -que será bom tanto para o homem quanto para a mulher em questão- e seremos extasiados constantemente com tal AMOR (Provérbios 5:19).
Que nosso Jeová Deus maravilhoso, misericordioso e amoroso nos dê um bom dia em nome de nosso Senhor Jesus Cristo!

                                                                                 Joca Vitorino

Pensamento: "A primeira regra da arte de vencer é aguentar o ódio alheio." (Sêneca)

Nenhum comentário:

Postar um comentário