Google+ Followers

sábado, 1 de dezembro de 2012

Qual obra é a mais importante?

http://i49.tinypic.com/b3sabl.jpg (Foto e texto de hoje).

Tempo de julgamento da religião

Em Gênesis 3:15 inicia-se a divisão das religiões. Deixou-se de dar atenção ao que o próprio Deus falou e criou uma dúvida no coração. A partir daí as pessoas começaram a querer viver à parte de Deus.
Uma percepção fácil é o texto de João 4:22, 23, onde diz o que os verdadeiros adoradores farão, portanto, se existem verdadeiros adoradores é fácil concluir que existem também  os falsos adoradores. Ainda nos mostra quem pode julgar as religiões: João 5:22. E no capítulo 13 do mesmo livro de João, versículos 34 e 35 identificamos os verdadeiros adoradores.
Como se mostrar servo e discípulo fiel? Praticando o que Cristo nos incentivou a fazer. Um exemplo disso é o uso e manuseio da Bíblia, pois sabemos que a Bíblia é para ser usada (2 Timóteo 3:15, 16). O correto uso da Bíblia demonstra o que temos no coração e se queremos realmente servir a Deus de todo o coração.
Compreendemos que um requisito do verdadeiro adorador é santificar o NOME de Deus. Para que isso ocorra devemos praticar o que está contido em João 5:43, 44 (as religiões tem glorificado o nome de Deus como ensinado aqui nesse texto?)  Porque SABEMOS, sim que o correto é andar no nome do Deus verdadeiro como mencionado em Miquéias 4:5. Não há o mínimo de dúvida quanto a isso. Biblicamente fácil de entender. Não endureça o seu coração para as coisas de Deus como fizeram 'faraó' e 'Herodes'. Busque realmente a salvação. Acima de tudo busque dar glória ao nome de Deus que é o maior exemplo de amor cristão. O 'mundo' odeia o verdadeiro seguidor (João 15:19) mas com Jesus como Rei e o apoio do Criador do Universo, temos todos os motivos para ter confiança. Mantenha-se ativo (a) na pregação e sentirá real prazer em adorar ao Deus verdadeiro e fazer parte da verdadeira organização de Cristo.
Bom dia para todos nós com a permissão do único Deus verdadeiro e do Nosso Senhor Jesus Cristo!

                                                                                                       Joca Vitorino


Para tudo há um tempo determinado, sim, há um tempo para todo assunto debaixo dos céus. — Ecl. 3:1.
Muitos empreendimentos são de valor. Mas precisamos discernir qual é a obra mais importante que temos de realizar numa época específica. Em outras palavras, temos de ter prioridades bem definidas. Quando esteve na Terra, Jesus tinha profunda percepção da época em que vivia e do que tinha de fazer. Tendo bem claro na mente suas prioridades, ele sabia que se aproximava a época muito aguardada para o cumprimento de muitas profecias messiânicas. (1 Ped. 1:11; Rev. 19:10) Havia trabalho para ele realizar a fim de tornar clara a sua identidade como Messias prometido. Ele tinha de dar testemunho cabal sobre a verdade do Reino e reunir os que seriam seus futuros co-herdeiros no Reino. E tinha de lançar o fundamento da congregação cristã, que realizaria a obra de pregar e fazer discípulos até os confins da Terra. — Mar. 1:15w10 15/12 2:1, 2

ASSOCIAÇÃO TORRE DE VIGIA DE BÍBLIAS E TRATADOS



Nenhum comentário:

Postar um comentário