Google+ Followers

quinta-feira, 18 de outubro de 2012

Pode servir a Deus espontaneamente?


A Bíblia Muda a Vida das Pessoas

COMO um homem que teve uma infância difícil se tornou uma pessoa feliz e um bom chefe de família? O que motivou uma mulher com muitos vícios a mudar sua vida? Leia o que essas pessoas têm a dizer.

‘Eu achava que não valia nada.’ — VÍCTOR HUGO HERRERA

·                                 ANO DE NASCIMENTO:1974
·                                 PAÍS DE ORIGEM: CHILE
·                                 HISTÓRICO: ALCOÓLATRA

MEU PASSADO:

 Nasci na cidade de Angol, na bela região sul do Chile. Nunca conheci meu pai. Quando eu tinha 3 anos, minha mãe se mudou comigo e com meu irmão para a capital, Santiago. Acabamos indo morar num pequeno quarto numa área improvisada para desabrigados. Usávamos um banheiro público e não tínhamos água encanada.
Depois de uns dois anos, o governo nos deu uma pequena casa. Infelizmente, o ambiente no novo bairro era péssimo, pois havia muito alcoolismo, drogas, crime e prostituição.
Um dia, minha mãe conheceu um homem com quem por fim se casou. Meu padrasto bebia muito e batia na minha mãe e em mim. Muitas vezes eu chorava sozinho, desejando ter um pai que me protegesse.
Apesar de minha mãe trabalhar muito para nos sustentar, éramos bem pobres. Quando tínhamos fome, às vezes só tínhamos leite em pó e açúcar para comer. Para nos divertir um pouco, eu e meu irmão ficávamos espiando a televisão da vizinha. Mas um dia ela nos viu e acabou com a nossa diversão.
Quando meu padrasto estava sóbrio — o que era raro —, ele comprava alguma coisa para eu e meu irmão comermos. E certa vez ele comprou uma pequena televisão. Essa é uma das poucas vezes que me lembro de ter me sentido feliz.
Aos 12 anos, aprendi a ler. Um ano mais tarde, deixei a escola e comecei a trabalhar. Depois do trabalho, eu ia com amigos mais velhos a festas onde bebíamos muito e usávamos drogas. Logo fiquei viciado.
Quando eu tinha 20 anos, conheci Cati, e mais tarde nos casamos. No começo, tudo ia bem, mas então voltei à vida que tinha antes. Minha conduta ficou ainda pior. Percebi que meu estilo de vida ia me levar ou para a cadeia, ou para o cemitério. E o mais triste é que eu estava fazendo meu filho Víctor sofrer as mesmas coisas que sofri quando era criança. Fiquei muito desapontado e furioso comigo  mesmo, achando que eu não valia nada.
Por volta de 2001, duas Testemunhas de Jeová bateram em nossa casa, e Cati aceitou um estudo da Bíblia. Ela falava comigo sobre as coisas que estava aprendendo. Por curiosidade, também comecei a estudar a Bíblia. Em 2003, Cati foi batizada como Testemunha de Jeová.

COMO A BÍBLIA MUDOU MINHA VIDA:

 Um dia, li Rute 2:12, que diz que Jeová recompensa os que agem com fé e buscam a proteção dele. Entendi que, se fizesse mudanças, eu poderia agradar a Deus e ele me recompensaria. Vi também como vários textos bíblicos condenam a embriaguez. As palavras de 2 Coríntios 7:1 calaram fundo em mim. Esse texto aconselha a nos ‘purificarmos de toda imundície’. Assim, aos poucos fui abandonando meus vícios. No começo, isso afetou meu humor, mas Cati nunca deixou de me apoiar.
Acabei saindo do emprego porque a pressão para fumar e beber era muito forte. Embora ficar desempregado significasse viver com muito pouco, pelo menos eu tinha mais tempo para estudar a Bíblia. Foi então que comecei a fazer verdadeiro progresso espiritual. Cati nunca exigia mais do que eu podia dar em sentido material nem me recriminava pela vida simples que levávamos. Sou muito grato por seu apoio amoroso.
Aos poucos, passei a me associar mais com as Testemunhas de Jeová. Elas me ajudaram a ver que, apesar de minha pouca instrução, Jeová dava valor ao meu desejo sincero de servi-lo. O amor e a união que vimos na congregação cristã teve um profundo efeito na nossa família. Não tínhamos encontrado essa paz em nenhum outro lugar. Em dezembro de 2004, eu também fui batizado.

COMO FUI BENEFICIADO:

 Pude ver o cumprimento das palavras de Jeová em Isaías 48:17: “Eu, Jeová, sou teu Deus, Aquele que te ensina a tirar proveito.” Minha mãe e meu irmão ficaram tão impressionados com as mudanças que eu fiz que agora estão estudando a Bíblia. Até meus vizinhos se alegram de ver como estou diferente e como nossa família é feliz.
Sou abençoado por ter uma esposa que ama a Deus e me considera seu companheiro e amigo de confiança. Embora eu nunca tenha conhecido meu pai, a Bíblia me ensinou a criar meus três filhos. Eles me respeitam. Mais importante ainda, consideram Jeová uma Pessoa real, e seu amor por ele tem aumentado.
“Embora eu nunca tenha conhecido meu pai, a Bíblia me ensinou a criar meus três filhos”
Apesar de ter tido uma infância difícil, sou muito grato a Jeová, pois ele me deu a oportunidade de ser um homem feliz.

 Eu me tornei uma jovem revoltada e agressiva.”— NABIHA LAZAROVA

·                                 ANO DE NASCIMENTO:1974
·                                 PAÍS DE ORIGEM:BULGÁRIA
·                                 HISTÓRICO: TRAFICANTE DE DROGAS

MEU PASSADO:

 Nasci em Sófia, Bulgária, numa família de classe média. Meu pai nos abandonou quando eu tinha 6 anos. Isso foi um choque e causou uma grande dor emocional em mim. Eu me senti rejeitada e indigna de ser amada. Quando fiquei mais velha, esses sentimentos fizeram com que eu me rebelasse. Eu me tornei uma jovem revoltada e agressiva.
Eu tinha 14 anos quando fugi de casa pela primeira vez. Eu roubava dinheiro de minha mãe e de meus avós. Na escola, sempre me envolvia em problemas por causa de meu temperamento violento. Em poucos anos, fui transferida de escola cinco vezes. Três anos antes de me formar, abandonei os estudos. Minha vida era bem imoral. Fiquei viciada em cigarro e maconha. Eu bebia muito, estava sempre em festanças e me envolvi com o tráfico de drogas. Não via nenhum sentido em viver num mundo sem esperança, onde as pessoas sofriam e morriam. Por isso, eu vivia só para os prazeres, como se cada dia fosse o último.
Em 1998, quando eu tinha 24 anos, fui presa num aeroporto em São Paulo, Brasil, por envolvimento com tráfico de drogas. Fui sentenciada a quatro anos de prisão.

COMO A BÍBLIA MUDOU MINHA VIDA:

 Em 2000, a prisão em que eu estava começou a ser visitada semanalmente pelas Testemunhas de Jeová. Uma delas, chamada Marines, era muito bondosa comigo. Ela despertou em mim o desejo de aprender mais sobre a Bíblia. Como eu nunca tinha ouvido falar dessa religião, perguntei às outras detentas o que elas sabiam. Para minha surpresa, a maioria reagiu de forma negativa. Uma colega até me disse para ir para qualquer religião, menos essa. Isso me deixou ainda mais curiosa; eu queria saber por que essas pessoas eram tão odiadas. Comecei a achar que era por serem a religião verdadeira. Afinal, segundo a Bíblia, todo aquele que se esforçasse sinceramente para seguir Jesus seria perseguido. — 2 Timóteo 3:12.
Naquela época, me colocaram para trabalhar no prédio administrativo da prisão. Certo dia, encontrei num depósito algumas caixas com revistas A Sentinela e Despertai! *antigas. Eu as levei para a minha cela e comecei a lê-las. Quanto mais eu lia, mais me sentia como alguém num deserto que encontrou um poço com água fresca. Como eu tinha bastante tempo livre, estudava a Bíblia todos os dias durante muitas horas.
Um dia fui chamada ao escritório da prisão. Eu achava que ia ser libertada e, por isso, juntei rapidamente meus pertences, me despedi de minhas colegas e corri ao escritório. Mas quando cheguei lá fiquei sabendo que um  novo caso havia sido aberto contra mim por posse de documentos falsos. Em resultado disso, fui sentenciada a mais dois anos de prisão.
A princípio fiquei arrasada. Mas alguns dias depois comecei a ver que isso na verdade foi uma bênção. Embora eu já tivesse aprendido muitas coisas na Bíblia, no meu íntimo eu ainda queria voltar à mesma vida de antes quando fosse solta. Eu precisava de mais tempo para mudar.
Às vezes, eu achava que seria impossível Deus me aceitar como sua adoradora. Mas eu meditava em textos como 1 Coríntios 6:9-11. Esses versículos mostram que alguns dos primeiros cristãos tinham sido ladrões, beberrões e extorsores antes de servirem a Deus. Mas, com a ajuda de Jeová, eles mudaram. Seu exemplo me encorajou muito.
Alguns de meus vícios foram fáceis de abandonar. Por exemplo, não foi tão difícil largar as drogas. Já parar de fumar foi outra história. Tive de lutar muito, por mais de um ano, até finalmente conseguir me livrar desse vício. Pesquisar sobre como o cigarro prejudica a saúde foi de grande ajuda. Mas o que mais me ajudou a vencer esse problema foram as orações fervorosas a Jeová.
“Havia encontrado o melhor Pai — um que nunca me abandonaria”
À medida que me achegava mais a ele, fui conseguindo superar os sentimentos de rejeição contra os quais eu lutava desde que meu pai nos abandonou. As palavras do Salmo 27:10 me comoveram muito. Esse texto diz: “Caso meu próprio pai e minha própria mãe me abandonassem, o próprio Jeová me acolheria.” Percebi que eu havia encontrado o melhor Pai — um que nunca me abandonaria. Agora minha vida tinha objetivo. Em abril de 2004, seis meses depois de sair da prisão, fui batizada como Testemunha de Jeová.

COMO FUI BENEFICIADA:

 Sou uma pessoa feliz. Por ter me livrado de vícios destrutivos, hoje tenho uma saúde física e emocional melhor do que quando eu era jovem. Tenho um casamento feliz e uma forte amizade com meu Pai celestial, Jeová. Entre seus servos, encontrei muitos pais, mães, irmãos e irmãs. (Marcos 10:29, 30) Sou grata por eles terem visto algo de bom em mim — antes mesmo de eu ver isso.
Às vezes, tenho muitos sentimentos de culpa por causa do meu passado. Mas me sinto consolada por saber que, no novo mundo prometido por Deus, “não haverá recordação” das coisas ruins do passado. (Isaías 65:17) Além disso, minha história de vida tem me ajudado a ter empatia pelas pessoas que enfrentam desafios parecidos. Nesse sentido, meu passado é uma vantagem. Por exemplo, quando estou no serviço de pregação, acho relativamente fácil falar sem preconceito com viciados em drogas, alcoólatras ou criminosos. Tenho certeza de que, se eu consegui mudar para agradar a Jeová, qualquer pessoa consegue!

Copyright © 2012 Watch Tower Bible and Tract Society of Pennsylvania, Inc. All rights reserved.



ASSOCIAÇÃO TORRE DE VIGIA DE BÍBLIAS E TRATADOS

Nenhum comentário:

Postar um comentário