Google+ Followers

terça-feira, 21 de agosto de 2012

Como usar a língua de modo respeitoso?


Por que há tanta violência?

  • Aluno com problemas mentais, armado até os dentes, massacra colegas e professores em sua escola.
  • Menininha é raptada, e isso causa enorme sofrimento a seus pais.
  • Adolescente confessa ter assassinado alguém só por emoção e ter mostrado o cadáver a amigos, que guardaram o segredo por semanas.
  • Predador sexual conversa pela internet com outros pedófilos sobre como seduzir crianças.
Esses são apenas alguns dos crimes chocantes que aparecem nos noticiários hoje em dia. Sente-se seguro em sua vizinhança, em especial à noite? Você ou alguém de sua família já foi afetado pelo crime? Milhões de pessoas no mundo inteiro — mesmo em países antes considerados relativamente seguros — admitem viver com medo do crime e da violência.
“ESTUDOS MOSTRAM QUE A MAIORIA DOS REINCIDENTES CONTINUARÁ A COMETER CRIMES CONTRA A SOCIEDADE MESMO DEPOIS DE TEREM FICADO NA PRISÃO, E OS CUSTOS, QUE NÃO SÃO MEDIDOS APENAS EM DINHEIRO, CONTINUARÃO A SER ASTRONÔMICOS.” — INSIDE THE CRIMINAL MIND (POR DENTRO DA MENTE CRIMINOSA), DO DR. STANTON E. SAMENOW.
NÃO importa em que parte do mundo você viva, cada dia parece trazer uma nova safra de crimes chocantes. Portanto, é razoável perguntar: Será que as atuais medidas para conter o crime — penas severas, sentenças de prisão e assim por diante — estão funcionando? A prisão reabilita criminosos? E mais importante: A sociedade está conseguindo “cortar o mal pela raiz”?

Onde começa o crime

A Bíblia aponta para o íntimo da pessoa e não para suas circunstâncias. Tiago 1:14, 15 diz: “Cada um é provado por ser provocado e engodado pelo seu próprio desejo. Então o desejo, tendo-se tornado fértil, dá à luz o pecado.” Quando a pessoa fica pensando em coisas impróprias, ela alimenta desejos errados. Esses, por sua vez, podem levar a ações prejudiciais. Por exemplo, um interesse ocasional em pornografia pode se transformar numa obsessão sexual que por fim leva a pessoa a realizar suas fantasias, talvez até cometendo um crime.
Outro fator a ser considerado é o destaque que o mundo dá ao egocentrismo, ao dinheiro, aos prazeres e à gratificação imediata. A Bíblia predisse sobre nossos dias: “Nos últimos dias . . . os homens serão amantes de si mesmos, amantes do dinheiro, . . . ferozes, sem amor à bondade . . . [e] mais amantes de prazeres do que amantes de Deus.” (2 Timóteo 3:1-5) Infelizmente, por meio de filmes, videogames, publicações e maus modelos a serem seguidos, o mundo promove essas características que só contribuem para o aumento da criminalidade.# Mas isso não significa que todo mundo tenha de ceder a essas influências. Na verdade, alguns que cederam no passado mudaram por completo seu modo de vida e sua maneira de encarar as coisas.

Para sermos saudáveis em sentido físico, precisamos de uma boa alimentação. Além disso, o alimento precisa ser bem mastigado e digerido, o que exige tempo e esforço. Do mesmo modo, para sermos saudáveis em sentido espiritual, precisamos “mastigar” as declarações de Deus para que nossa mente e nosso coração possam absorvê-las. (Mateus 4:4) A Bíblia diz: “Todas as coisas que são verdadeiras, todas as que são de séria preocupação, todas as que são justas, todas as que são castas, todas as que são amáveis, todas as coisas de que se fala bem, toda virtude que há e toda coisa louvável que há, continuai a considerar tais coisas . . . e o Deus de paz estará convosco.” — Filipenses 4:8, 9.
Note que precisamos ‘continuar a considerar’ os pensamentos de Deus se quisermos que velhas características de nossa personalidade dêem lugar a novas. É preciso ter paciência, pois o progresso espiritual não acontece da noite para o dia. — Colossenses 1:9, 10;3:8-10.
Veja o exemplo de uma mulher que sofreu abuso sexual na infância, usava drogas, bebia, fumava e agora cumpre pena de prisão perpétua por vários crimes. Na prisão, ela começou a estudar a Bíblia com as Testemunhas de Jeová e aceitou prontamente as verdades que aprendeu. O resultado foi que seu anterior modo de vida aos poucos foi substituído por uma nova personalidade, semelhante à de Cristo. Hoje ela não é mais escrava de pensamentos e hábitos destrutivos. Um dos textos que ela mais gosta é o de 2 Coríntios 3:17, que diz: “Ora, Jeová é o Espírito; e onde estiver o espírito de Jeová, ali há liberdade.” Apesar de estar presa, ela tem agora uma liberdade que nunca havia sentido antes.

Publicado em Despertai!  de fevereiro de 2008








ASSOCIAÇÃO TORRE DE VIGIA DE BÍBLIAS E TRATADOS

Nenhum comentário:

Postar um comentário