Google+ Followers

sábado, 18 de dezembro de 2010

Mensagem / Todas as religiões são boas?

Todas as religiões são boas?

VIVEMOS num mundo com uma incrível variedade de religiões. Uma pesquisa recente mostrou que existem 19 religiões principais e cerca de 10 mil religiões menores no mundo todo. Essa variedade dá às pessoas um número de opções sem precedentes. Em vista disso, será que faz diferença a religião que você escolhe?

Alguns dizem que as religiões são como caminhos diferentes que levam ao topo de uma montanha. Para eles não importa que caminho escolhem, visto que todos levam ao mesmo lugar. Raciocinam que há apenas um Deus Todo-Poderoso e, portanto, todas as religiões acabam levando a ele.
Todos os caminhos levam a Deus?

O que Jesus Cristo, um dos instrutores religiosos mais respeitados da história, falou sobre isso? Ele disse a seus discípulos: “Entrai pelo portão estreito.” Por quê? “Porque larga e espaçosa é a estrada que conduz à destruição, e muitos são os que entram por ela; ao passo que estreito é o portão e apertada a estrada que conduz à vida, e poucos são os que o acham.” — Mateus 7:13, 14.

Será que Jesus estava realmente dizendo que algumas religiões conduzem “à destruição”? Ou ele estava ensinando que apenas os que não acreditam em Deus estão na estrada larga, e os que acreditam em Deus, independentemente de sua religião, estão na estrada apertada que conduz à vida?

Logo após mencionar que existem apenas duas estradas, Jesus disse: “Cuidado com os falsos profetas: eles vêm a vocês vestidos com peles de ovelha, mas por dentro são lobos ferozes.” (Mateus 7:15, Pastoral) Depois ele disse: “Não é toda pessoa que me chama de ‘Senhor, Senhor’ que entrará no Reino do Céu, mas somente quem faz a vontade do meu Pai, que está no céu.” (Mateus 7:21, Bíblia na Linguagem de Hoje) Se alguém é chamado de profeta ou diz que Jesus é seu “Senhor”, faz sentido dizer que se trata de uma pessoa religiosa, e não de alguém que não crê em Deus. Então, fica claro que Jesus estava avisando que nem todas as religiões são boas e que nem todos os instrutores religiosos são de confiança.

 A Bíblia é como um mapa confiável que pode ajudar a pessoa a encontrar o caminho certo em sentido religioso.

Publicado em A Sentinela de 1º de agosto de 2009

Nenhum comentário:

Postar um comentário