Google+ Followers

sábado, 4 de abril de 2015

O meu amor não é meu


O meu amor pode não ser igual ao seu, mas é amor.
O meu amor não é baseado nas histórias dos outros e sim na verdadeira história do meu coração.
O meu amor é um amor que afeiçoa-se, que sofre, perdoa, espera e acredita. Por isso é amor.
O amor é assim, um gesto, uma atitude, uma esperança, uma boa ação, uma lição de bondade, uma oportunidade ou um abraçar cheio de fé.
Amor não é convenção, citação ou ideia; amor é uma coisa tão concreta que sente-se no ar. Aquele que ama emana boas vibrações onde quer que esteja. Por isso é chamado abstrato, o amor, porque não consegue ver se não souber enxergar. Igual a como Jesus nos ensinou: 'Vocês conhecerão a verdade e a verdade os libertará'. (João 8:32) Saber da verdade liberta contra os ensinos errados, equivocados ou argumentados em defesa própria. Liberta contra a escuridão espiritual e nos faz conhecedores e seguidores da verdade, essa maravilha de Deus que nos ampara, anima, desperta e guia. O amor é a liberdade que se tem, a vontade de viver, a esperança de vencer e a dignidade de fazer disso um modo de vida, o seu modo de vida.
O meu amor não é meu porque tenho que dividi-lo, tenho que compartilhá-lo e alimentá-lo também de amor, com amor e por amor.
Que o nosso amoroso, amado, glorioso, eterno, sábio e santo Deus Jeová nos dê um bom dia de paz, brandura, bençãos, boa saúde, proteção e fé em nome de nosso Senhor Jesus Cristo!

                                                               Joca Vitorino

Pensamento: “’Em tudo eu lhes mostrei que, trabalhando arduamente assim, vocês devem ajudar os fracos e ter em mente as palavras do Senhor Jesus, que disse: ‘Há mais felicidade em dar do que em receber.’” (Atos 20:35)

Nenhum comentário:

Postar um comentário