Google+ Followers

domingo, 2 de dezembro de 2012

Um povo para o nome de Deus

Foto e texto de hoje: http://i50.tinypic.com/35a6srq.jpg

Você já imaginou o privilégio de fazer parte de um povo para o nome de Deus?
Se prestarmos bem atenção veremos que Deus atrai e escolhe quem Ele quer que O sirva (Isaías 43:10). Imagine... ser escolhido de Deus! É muito lindo!
No mais, lemos em Atos 15:14-18 que Deus voltou Sua atenção para as nações a fim de tirar delas um povo para o Seu nome... a fim de que... os homens possam buscar seriamente a Deus... 'pessoas chamadas por meu nome, diz Jeová'. O que deve ser bem entendido aqui é que temos que nos esforçar em buscar seriamente a Deus.
Existem pontos para que esse privilégio seja notado: 1- Humilhar e orar 2 Crônicas 7:14;
2- Santificar o nome de Deus Mateus 6:9 / Lucas 9:58;
3- Promover e manter união Miqueias 4:5.
Servir a Jeová é um privilégio, mas também um desafio. Está preparado (a)?
Que Deus maravilhoso e perfeito nos dê um bom dia, uma boa tarde e uma boa noite!

                                                                                              Joca Vitorino


Ele golpeou . . . três vezes e parou. — 2 Reis 13:18.
Para ilustrar a importância de ser zeloso no serviço de Deus, note um episódio ocorrido na vida do Rei Jeoás, de Israel. Preocupado com a evidente conquista de Israel pela Síria, Jeoás dirigiu-se chorando a Eliseu. O profeta instruiu-o a atirar uma flecha pela janela em direção à Síria, indicando que Jeová daria a vitória contra essa nação. Isso com certeza reanimou o rei. A seguir, Eliseu disse a Jeoás que apanhasse suas flechas e golpeasse o chão com elas. Jeoás golpeou o chão três vezes. Eliseu ficou irado com isso, pois golpear o chão cinco ou seis vezes teria significado ‘golpear a Síria até acabar’. Agora Jeoás ganharia apenas três vitórias parciais. A sua falta de zelo limitou seu sucesso. (2 Reis 13:14-19) Do mesmo modo Jeová nos abençoará ricamente só se realizarmos a sua obra de todo coração e com zelo. w10 15/4 4:11

ASSOCIAÇÃO TORRE DE VIGIA DE BÍBLIAS E TRATADOS


Nenhum comentário:

Postar um comentário