Google+ Followers

terça-feira, 4 de dezembro de 2012

O que o faz crer ou não crer em Deus?

Foto e texto de hoje: http://i46.tinypic.com/jrwpxk.jpg

Com que propósito Deus diria: 'Lindos... os pés... do publicador de salvação'? (Isaías 52:7) Certamente porque existe um Deus amoroso e ajudador que quer que as pessoas encontrem a salvação. Por que se publicaria a salvação se não fosse por esse motivo?
A própria Bíblia nos motiva dizendo que os filhos seriam pessoas ensinadas por Jeová, nos dando uma esperança por escrito, com uma promessa de paz (Isaías 54:13).
Também nos direciona dizendo pra sairmos de servir ao mundo, especialmente da religião falsa. Sem pânico, sem medo, pois Dele receberemos proteção (Isaías 52:10-12).
Proteção e paz ao Seus seguidores leais é o que Deus promete (Isaías 54:17).
Então por que acreditar mesmo que Deus fará tudo o que promete? Um dos exemplos disso é que Ele está perto dos que O buscam (Isaías 55:6). Ele quer que estejamos juntos, unidos em adorá-Lo (Isaías 56:7). Não existe prova maior de porque crer em Deus do que ter Jesus Cristo como sacrifício pelos nossos pecados e de receber com entusiasmo a mensagem de Isaías 55:11 de que a Palavra de Deus não volta sem resultado. Isso é um pouco do poder crer em Deus. Leia e medite na Bíblia e será bem mais instruído.
Que o Soberano Senhor, Grandioso Criador, Misericordioso Deus Jeová nos dê um excelente dia em nome do Nosso Rei Jesus Cristo!

                                                                                            Joca Vitorino



O próprio jarro grande de farinha não se esgotará e a própria bilha pequena de azeite não ficará carente. — 1 Reis 17:14.
Tudo que a viúva se Sarefá tinha como alimento era “um punhado de farinha num jarro grande e um pouco de azeite numa bilha pequena”. Ela achava que não tinha o suficiente para dividir com o profeta e lhe disse isso. (1 Reis 17:8-12) Ainda assim, Elias insistiu que ela primeiro fizesse para ele “um pequeno bolo redondo”, garantindo que Jeová proveria alimento para ela e para seu filho. A questão com que a viúva se confrontava envolvia mais do que apenas decidir o que fazer com a sua última porção de alimento. Será que confiaria que Jeová salvaria tanto a ela como a seu filho, ou será que ela daria primazia às suas necessidades materiais em vez de buscar a aprovação e a amizade de Deus? Todos nós estamos diante de uma questão similar. Estaremos mais interessados em ganhar a aprovação de Jeová do que em buscar segurança material? Temos todos os motivos para confiar em Deus e servi-lo. E podemos tomar algumas medidas para buscar sua aprovação. w11 15/2 2:1-3

ASSOCIAÇÃO TORRE DE VIGIA DE BÍBLIAS E TRATADOS

Nenhum comentário:

Postar um comentário