Google+ Followers

sexta-feira, 19 de outubro de 2012

Sua vida é como uma corrida?


Jeová tem sentimentos?

CASO a resposta seja sim, então surge outra pergunta: A nossa conduta afeta os sentimentos de Deus? Ou seja, será que nossas ações podem alegrar ou magoar a Deus? Alguns filósofos da antiguidade diziam que não. Eles argumentavam que ninguém pode influenciar a Deus e que, sendo assim, ele não tem sentimentos. Mas a Bíblia diz algo bem diferente. Ela diz que Jeová tem ternos sentimentos e que se importa muito com o que fazemos. Veja as palavras do Salmo 78:40, 41.
Salmo 78 fala sobre a relação de Deus com o Israel antigo. Depois de libertar a nação da escravidão no Egito, Jeová lhes ofereceu a oportunidade de entrar numa relação especial com ele. Prometeu que, se fossem obedientes às suas leis, eles se tornariam sua “propriedade especial” e seriam usados de uma forma extraordinária no cumprimento de seu propósito. O povo aceitou e passou a estar sob o pacto da Lei. Será que cumpriram sua parte no acordo? — Êxodo 19:3-8.
A melhor coisa que podemos fazer por Jeová é viver de uma forma que alegra o Seu coração
O salmista diz: “Quantas vezes rebelavam-se contra ele no ermo!” (Versículo 40) O versículo seguinte acrescenta: “Vez após vez punham Deus à prova.” (Versículo 41) Note que o escritor descreve um ciclo de rebelião. E não demorou muito para essa atitude ruim surgir. Ela começou no deserto, logo depois que eles foram libertos do Egito. O povo começou a resmungar, questionando se Deus era capaz de cuidar deles e se estava disposto a fazer isso. (Números 14:1-4) Uma obra de referência para tradutores da Bíblia diz que as palavras “rebelavam-se contra ele” podem ser “traduzidas como ‘endureceram seu coração contra Deus’ ou ‘disseram “Não” a Deus.’” Mesmo assim, por misericórdia, Jeová perdoava seu povo quando demonstravam arrependimento. Mas depois eles voltavam a fazer as mesmas coisas e se rebelavam de novo, e esse ciclo continuava. — Salmo 78:10-19, 38.
Como Jeová se sentia cada vez que esse povo inconstante se rebelava? “Faziam-no sentir-se magoado”, diz oversículo 40. Outra tradução diz que eles o ‘entristeciam’. Uma obra de referência bíblica explica: “O significado aqui é que a conduta dos hebreus parecia ser de propósito para causar dor, assim como faz um filho desobediente e rebelde.” Da mesma forma que um filho indisciplinado causa muito sofrimento a seus pais, os israelitas rebeldes “penavam ao próprio Santo de Israel”. — Versículo 41.
O que aprendemos desse salmo? É consolador saber que Jeová tem um forte apego a seus adoradores e não desiste facilmente deles. Ao mesmo tempo, podemos ver que Jeová tem sentimentos e que nossa conduta pode afetá-lo. Como saber isso afeta você? Será que o move a querer fazer o que é certo?
Em vez de escolher um proceder pecaminoso e magoar o coração de Jeová, podemos escolher seguir um proceder correto e alegrar o Seu coração. E é exatamente isso que ele pede a seus adoradores: “Sê sábio, filho meu, e alegra meu coração.” (Provérbios 27:11) A melhor coisa que podemos fazer por Jeová é viver de uma forma que alegra o Seu coração.
Copyright © 2012 Watch Tower Bible and Tract Society of Pennsylvania, Inc. All rights reserved.



ASSOCIAÇÃO TORRE DE VIGIA DE BÍBLIAS E TRATADOS

Nenhum comentário:

Postar um comentário