Google+ Followers

domingo, 21 de outubro de 2012

O que é a língua pura?


Deus está nos castigando?

“Apesar de ter pena das vítimas do desastre, acho que foi tembatsu (castigo divino)”, disse um político de destaque no Japão depois que um terremoto de magnitude 9,0 e um tsunami atingiram aquele país em março de 2011.
Quando mais de 220 mil pessoas morreram no terremoto que atingiu o Haiti em janeiro de 2010, um famoso televangelista afirmou que isso aconteceu porque elas “haviam feito um pacto com o Diabo” e precisavam “se voltar para Deus”.
“Deus quer despertar nossa consciência amortecida e indiferente”, declarou um padre católico quando 79 pessoas morreram numa fuga em massa em Manila, Filipinas. Um jornal local relatou que “21% dos adultos acreditam que Deus está liberando sua fúria com deslizamentos de terra, tufões e outros desastres” que frequentemente assolam o país.
A CRENÇA de que Deus provoca desastres para punir os maus não é nova. Em 1755, depois que umas 60 mil pessoas morreram vítimas de um terremoto, de um incêndio e de um tsunami que atingiram Lisboa, Portugal, o conhecido filósofo Voltaire questionou: “Lisboa, que não mais existe, teria mais vícios que Londres, que Paris, submersas em delícias?” De fato, milhões se perguntam se Deus usa desastres naturais para punir as pessoas. Em muitos países, esses desastres são até chamados de atos de Deus.
Por isso, surgem as perguntas: Será que Deus realmente usa desastres naturais para castigar as pessoas? A recente onda de tragédias é castigo de Deus?
No ímpeto de culpar a Deus, alguns apontam para relatos bíblicos que mostram que Deus causou destruição por meio de elementos da natureza. (Gênesis 7:17-22; 18:20; 19:24, 25; Números 16:31-35) Mas uma análise desses relatos mostra que em cada caso há pelo menos três fatores que distinguem as ações de Deus dos desastres naturais. Primeiro, houve avisos. Segundo, ao contrário dos desastres naturais, que matam bons e maus, a destruição por parte de Deus foi seletiva. Só pessoas incorrigíveis ou as que se recusaram a ouvir os alertas foram destruídas. Terceiro, Deus proveu uma via de escape para os inocentes. — Gênesis 7:1, 23; 19:15-17; Números 16:23-27.
Copyright © 2012 Watch Tower Bible and Tract Society of Pennsylvania, Inc. All rights reserved.



ASSOCIAÇÃO TORRE DE VIGIA DE BÍBLIAS E TRATADOS

Nenhum comentário:

Postar um comentário