Google+ Followers

quinta-feira, 23 de agosto de 2012

Reunidos para o encorajamento mútuo


                              EXISTE SÓ UMA RELIGIÃO VERDADEIRA?

Algumas pessoas se ofendem com essa pergunta. Em vista da enorme quantidade de crenças religiosas no mundo, elas acham que quem se diz “dono da verdade” tem a mente fechada e demonstra até mesmo arrogância. Pensam: ‘Com certeza, deve haver algo de bom em todas as religiões ou pelo menos na maioria delas.’ Você também pensa assim?
É CLARO que há situações em que é sensato ter mente aberta para opiniões diferentes. Por exemplo, alguém talvez acredite que certa dieta seja saudável para ele. Mas deveria impor essa dieta a outros, como se fosse o único modo de ter boa saúde? Com certeza, seria sábio e modesto aceitar que a escolha de alimentos que outra pessoa faz pode ser tão boa quanto a dele, ou até melhor, pelo menos para aquela pessoa.
Isso acontece no caso da religião? Será que existem várias opções aceitáveis, dependendo de nossa criação ou de nosso modo de encarar as coisas? Ou existe um só conjunto de verdades em sentido religioso que se aplica a toda a humanidade? Vejamos o que a Bíblia diz. Primeiro, vamos considerar se é mesmo possível encontrar a verdade. Afinal, se não for possível, não faz sentido buscar a única religião verdadeira.

 Além de condenar o que é errado, a Bíblia nos ordena a fazer coisas boas como: amar a esposa, respeitar o marido e fazer o bem a outros. (Mateus 7:12; Efésios 5:33) Obedecer a essas ordens traz bons resultados. Você diria que esses conselhos morais servem para uns, mas não para outros?
Quer as pessoas obedeçam às leis de moral da Bíblia, quer não, suas ações trazem conseqüências. Isso prova que não é só uma questão de ter pontos de vista diferentes. Essas leis são verdades. Os fatos mostram que há bons resultados para quem segue essas leis e más conseqüências para quem não as segue.
Assim, pense no seguinte: Se as leis de moral da Bíblia se aplicam a toda a humanidade, o que dizer das normas de adoração encontradas na Palavra de Deus? E quanto ao que ela diz sobre o que acontece após a morte e sobre a esperança de um futuro eterno? É lógico concluir que esses ensinamentos bíblicos também são verdades, disponíveis para toda a humanidade. Seus benefícios e conseqüências não se limitam apenas às pessoas que acreditam nesses ensinamentos.
A verdade pode ser encontrada. Jesus disse que a Palavra de Deus, a Bíblia, é a verdade. (João 17:17) Mesmo assim, ainda pode parecer impossível encontrá-la. Por quê? Porque muitas religiões afirmam ensinar o que a Bíblia diz.
JESUS deixou claro que algumas formas de adoração não são aceitáveis a Deus. Ele falou de “falsos profetas” e os comparou a uma árvore que produz frutos imprestáveis e “é cortada e lançada no fogo”. Ele também disse: “Nem todo o que me disser: ‘Senhor, Senhor’, entrará no reino dos céus.” — Mateus 7:15-22.
De fato, Jesus disse a respeito de alguns que afirmavam segui-lo: “Eu lhes confessarei então: Nunca vos conheci! Afastai-vos de mim, vós obreiros do que é contra a lei.” (Mateus 7:23) Além disso, citando as palavras que Deus havia dito ao Israel apóstata, Jesus disse aos líderes religiosos de seus dias: “É em vão que persistem em adorar-me, porque ensinam por doutrinas os mandados de homens.” — Marcos 7:6, 7.
Para algumas pessoas, a idéia de que Deus lida com a humanidade por meio de uma só religião parece radical e difícil de aceitar. Mas é a essa conclusão que a Bíblia aponta. No passado, muitas pessoas que antes adoravam a Deus do jeito delas entenderam e aceitaram esse fato. Uniram-se aos adoradores verdadeiros de Jeová, e qualquer dúvida inicial deu lugar a muitas bênçãos e alegrias. Por exemplo, a Bíblia diz que após aceitar o cristianismo e ser batizado, um etíope “seguiu caminho, alegrando-se”. — Atos 8:39.

Publicado em Despertai!  de março de 2008  

LINK PARA MAIORES INFORMAÇÕES:  http://www.watchtower.org/t/200803/article_02.htm



ASSOCIAÇÃO TORRE DE VIGIA DE BÍBLIAS E TRATADOS

Nenhum comentário:

Postar um comentário